Ouvindo...

Times

Homem é indiciado por homicídio após matar sobrinho com 12 facadas em Montes Claros (MG)

A Polícia Civil realizou coletiva nesta segunda-feira (17) para fornecer detalhes sobre o crime

Um homem de 32 anos foi indiciado por homicídio qualificado após matar o sobrinho com 12 facadas no distrito de São João da Vereda, em Montes Claros. A informação foi divulgada em coletiva de imprensa pela Polícia Civil nesta segunda-feira (17).

De acordo com a delegada Franciele Drumond, o crime ocorreu durante uma briga familiar. “A motivação está relacionada a uma briga familiar, uma vez que a vítima já estava em luta corporal com outro tio. Na ocasião, o autor interveio na confusão e atacou a vítima pelas costas com 12 facadas”, detalhou a delegada.

Leia também

Os golpes atingiram pescoço, ombro e costas da vítima de 31 anos, que faleceu no local do ocorrido. Conforme a delegada, a quantidade de facadas “denota e confirma o dolo, a vontade do autor em praticar o homicídio e não apenas separar a briga que já estava em andamento”. Inicialmente, a confusão era entre a esposa da vítima e um primo.

A advogada explicou ainda que o homem fugiu após o crime. Pouco tempo depois, ele foi encontrada na residência de sua mãe, onde teve a prisão temporária decretada. A faca usada no homicídio foi apreendida na ocasião.

O homem confessou o crime, após ser preso. Por ele ser mudo, o depoimento contou com a participação de sua mãe. Ele foi indiciado por homicídio qualificado, por motivo fútil e recurso que impediu a defesa da vítima.

Se condenado, ele pode pegar até 30 anos de detenção. No momento, ele permanece preso em Montes Claros.

* Sob supervisão de Enzo Menezes


Participe dos canais da Itatiaia:

Pablo Paixão é estudante de jornalismo na UFMG e estagiário de jornalismo da Itatiaia
Leia mais