Ouvindo...

Times

Quase 30 mil pessoas esperam cirurgias eletivas no SUS em Belo Horizonte

Este ano, segundo a prefeitura, a meta é que até 42 mil cirurgias eletivas sejam executadas nas unidades de saúde da capital mineira

Cerca de vinte e oito mil pessoas à espera de uma cirurgia eletiva (programadas que não são consideradas de urgência) em Belo Horizonte. Esse é o número atualizado divulgado pelo subsecretário municipal de atenção à saúde, André Luiz Menezes, nesta segunda-feira (27).

Ele explica que a fila dinâmica: “São 28 mil pessoas, estão em diversas especialidades. Cada um desses procedimentos, quando eles entram na nossa fila, têm uma caracterização de prioridade. Temos cirurgias de média, baixa e alta prioridade. Então, marcamos de acordo com essa necessidade dos usuários”.

Leia também

Ele explica que, na pandemia da Covid-19, houve uma redução significativa na velocidade, por recomendação do próprio Ministério da Saúde. Mas em 2022 os procedimentos voltaram a ser realizados normalmente. “Essa ampliação ela vem sendo feita. Em 2022, tivemos 36 mil cirurgias e, em 2023, 40 mil cirurgias. Este ano, a meta é de 40 a 42 mil cirurgias executadas”, finalizou.


Participe dos canais da Itatiaia:

Tem mais de 27 anos de experiência jornalística, como gestor de empresas de comunicação em Minas Gerais. Já foi editor-chefe e apresentador de alguns dos principais telejornais do Estado em emissoras como Record, Band e Alterosa, além de repórter de rede nacional. Foi editor-chefe do Jornal Metro e também trabalhou como assessor de imprensa no Senado Federal, Tribunal de Justiça de Minas Gerais e no Sesc-MG. Na Itatiaia, onde está desde abril de 2023, André é repórter multimídia e apresentador.
Leia mais