Ouvindo...

Times

Irmãos são baleados em beco na Zona Norte de BH; um deles morreu

Conforme a Polícia Militar, ambos têm várias passagens pela polícia por tráfico de drogas e lesão corporal seguida de morte

Na noite deste sábado (25), dois irmãos foram baleados em um beco no bairro Primeiro de Maio, na região Norte de Belo Horizonte. Um deles, de 20 anos, morreu no local, enquanto o mais velho, de 23 anos, está internado em estado gravíssimo no Hospital Risoleta Neves.

Conforme a Polícia Militar, ambos têm várias passagens pela polícia por tráfico de drogas e lesão corporal seguida de morte, incluindo um incidente em que colocaram fogo em uma pessoa em situação de rua. Informações preliminares indicam que os irmãos foram surpreendidos por dois homens que chegaram atirando. Na tentativa de escapar, o irmão mais novo correu para o Beco Nossa Senhora Aparecida, onde foi atingido por diversos tiros. No local, a polícia encontrou 20 cartuchos deflagrados de uma arma calibre 9 milímetros.

Testemunhas relataram que os irmãos estavam na entrada do beco quando foram abordados pelos agressores. Um dos homens perseguiu o irmão mais novo, disparando contra ele até cair. O irmão mais velho também tentou fugir, mas foi alcançado e alvejado, recebendo quatro tiros na cabeça. Médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) constataram o óbito do irmão mais novo no local.

Leia também

Os familiares, que estavam no hospital, afirmaram não saber o motivo do ataque. No entanto, uma testemunha sugeriu que os irmãos desejavam vingar a morte do pai, Mazinho, e estavam procurando os responsáveis pela sua morte antes de serem atacados.

As vítimas são conhecidas na região por envolvimento com o tráfico de drogas e outros crimes. Em 2022 e 2024, foram acusados de lesão corporal seguida de morte e de atirar em um menor de idade.

Até o momento, ninguém foi preso. A Polícia Militar continua patrulhando a área.


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista graduada pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2005. Atua como repórter de cidades na Rádio Itatiaia desde 2022
Leia mais