Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Conheça o jornalista mineiro apontado pela ONU como um dos negros mais influentes do mundo

Gusttavo Moreira apareceu na categoria ‘Inovadores e Agentes de Mudanças’ ao lado de personalidades internacionais como o primeiro-ministro do País de Gales

O empresário e jornalista mineiro Gusttavo Moreira apareceu na categoria “Inovadores e Agentes de Mudanças” — um dos negros mais influentes do mundo, conforme a Organização das Nações Unidas (ONU). Atualmente, Moreira lidera quatro iniciativas que visam promover a inclusão digital, a sustentabilidade e a participação cidadã nas cidades brasileiras.

Nascido em Araguari, Gusttavo é graduado em Comunicação Social e mestre pela Universidade Federal de Uberlândia (UFA) e tem vivências internacionais em veículos de comunicação como El Clarín, The Washington Post, Financial Times e BBC.

“Sou jornalista com muito orgulho. É um perfil meio atípico porque quem é jornalista sabe que na escola tradicional nem sempre a gente é preparado para o empreendedorismo, mas o jornalismo me deu um patrimônio muito interessante para os negócios: a visão global. Ao mesmo tempo em que eu estava no bairro, na periferia, eu estava nas maiores empresas do país. Então, isso foi um diferencial competitivo da minha jornada empreendedora muito grande”, disse.

Leia também

Na categoria da ONU, ele está ao lado de personalidades internacionais como o primeiro-ministro do País de Gales, Vaughan Gething, e de Joseph Nyangon, diretor de Departamentos de Energia dos Estados Unidos.

“É um mix de sentimentos porque, ao mesmo tempo, em que a gente se sente extremamente honrado, a gente percebe que nem todos gostam dessa pauta. Como estamos num contexto empreendedor, estamos desobrigados de qualquer tipo de manifestação política no contexto político partidária — talvez, política na Essência no sentido de você pensar e ter uma compreensão do mundo — para poder falar de um tema extremamente árido, em um contexto em que a gente está falando do que os negros estão produzindo enquanto empresários e as dificuldades que enfrentamos num contexto global”, disse.

Ele aponta as dificuldades comuns enfrentadas por pessoas negras no empreendedorismo: “Quando nós nos encontramos, nós percebemos ser dificuldades comuns e que muitas vezes o pano de fundo dessas dificuldades é a falta de incentivo, à falta de apoio para que chegássemos a ter de ter evidência no cenário. “

E celebra a conquista e a importância da família. “Há toda uma ancestralidade de pessoas que possibilitaram que eu estivesse como a primeira pessoa da minha família que chegou até a universidade, aquele que puxou a mão de uma geração inteira, aquele que ganhou voz na sociedade. Falar de um assunto tão delicado e espinhoso, mas, ao mesmo tempo, falar de coisas boas que a gente está fazendo, entregando como emprego, oportunidades e inovação”, finalizou.


Participe dos canais da Itatiaia:

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais