Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Criminoso com apelido de ex-presidente é preso 17 dias após tentar matar homem em MG

‘Bolsonaro’, de 42 anos, foi preso durante abordagem em Governador Valadares, no Rio Doce; homem de 42 anos também é investigado por homicídio

Um homem de 42 anos suspeito de tentar matar um outro homem, de 34 anos, foi preso neste domingo (14) em Governador Valadares, na região do Rio Doce. O suspeito, que é conhecido na cidade como ‘Bolsonaro’, era procurado desde o dia 27 de março, quando cometeu o crime. Ele também é investigado por um homicídio (relembre o caso).

Militares da 160ª Companhia da Polícia Militar faziam um patrulhamento no bairro Santa Rita quando decidiram abordar um homem na rua. Ao consultarem o sistema, os militares acabaram percebendo que o abordado era procurado pela polícia por conta de uma tentativa de homicídio cometida no fim de março.

‘Bolsonaro’ foi detido e encaminhado para uma delegacia da Polícia Civil. Na sequência, foi levado para o sistema prisional.

Leia também

Relembre o caso

A vítima, um homem de 34 anos, foi baleada por ‘Bolsonaro’ na noite do dia 27 de março. A vítima disse aos militares que estava sentada no cruzamento das ruas Divinolândia com Campos Sales quando ouviu um barulho de disparo e, na sequência, sentiu uma dor na nuca.

Sangrando, o homem correu para casa e, depois, foi levado para um hospital de Governador Valadares, sem correr risco de morte. A vítima disse aos militares que não sabe quem fez o disparo e que não tem atrito com nenhuma pessoa. Segundo informações, a vítima passa bem.


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista formado pela UFMG, com passagens pela Rádio UFMG Educativa, R7/Record e Portal Inset/Banco Inter. Colecionador de discos de vinil, apaixonado por livros e muito curioso.
Leia mais