Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Médico flagrado masturbando paciente em UPA de Santa Luzia (MG) será demitido

Médico tem mandado de prisão preventiva em aberto associado a ato sexual libidinoso; profissional continua foragido

Um médico, de 37 anos, que foi flagrado masturbando um paciente dentro da UPA São Benedito, em Santa Luzia, na Grande BH, será demitido. Isso é o que informou a prefeitura da cidade na manhã deste sábado (13). O profissional continua foragido.

Conforme o boletim de ocorrência, nessa sexta (12), um jovem de 22 anos procurou a unidade de saúde, porque sentia dores nas pernas. Segundo o rapaz, o profissional efetuou toques nas pernas, barriga e virilha do paciente.

Depois, os dois foram para outro setor da UPA, mais privado. O médico pediu para o rapaz abaixar as calças e começou a tocar no pênis do paciente. De acordo com o boletim de ocorrência, o profissional alegou que iria passar uma suposta pomada na vítima.

Logo, segundo a vítima, ele iniciou os movimentos no órgão genital. O jovem alegou ter perguntado o que era aquilo, e o médico teria dito que era um procedimento normal.

Uma funcionária da limpeza desconfiou da demora no atendimento e foi averiguar. Conforme o registro policial, ela olhou por baixo da porta e viu o médico masturbando o jovem. Um alarde foi criado, e o profissional da saúde não foi mais visto na unidade.

Assistência à vítima

A Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Santa Luzia informou, por meio de nota, que enviou imediatamente um representante à UPA, e que “tomou todas as providências cabíveis — incluindo o início do processo de desligamento do médico, o qual já havia se evadido do local.”

Ainda conforme a pasta, “vítima e sua mãe receberam alimentos dos funcionários da UPA, por esses terem informado que estavam com fome.”

Mandado de prisão em aberto

De acordo com a Polícia Militar (PM), ele tem um mandado de prisão preventiva em aberto baseado no artigo 215 do código penal, associado ao ato sexual libidinoso.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informou, por meio de nota, que apura o fato ocorrido. “Até o momento, não houve conduzido à Delegacia de Plantão. Tão logo seja possível, outras informações serão divulgadas”, disse.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Formou em jornalismo pela PUC Minas e trabalhou como repórter do caderno de gerais do jornal Estado de Minas. Na Itatiaia, cobre principalmente Cidades, Brasil e Mundo.
Jornalista formado em Comunicação Social pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI-BH). Na Itatiaia desde 2008, é “cria” da rádio, onde começou como estagiário. É especialista na cobertura de jornalismo policial e também assuntos factuais. Também participou de coberturas especiais em BH, Minas Gerais e outros estados. Além de repórter, é também apresentador do programa Itatiaia Patrulha na ausência do titular e amigo, Renato Rios Neto.
Leia mais