Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Cantor sertanejo Thales Lessa é preso por importunação sexual contra massagista de hotel de Minas

A Polícia Civil confirmou a prisão em flagrante do cantor; artista deixou a prisão no mesmo dia, após audiência de custódia

O cantor sertanejo Thales Lessa, de 42 anos, foi detido em flagrante, suspeito de importunação sexual contra a massagista de um hotel, em Araxá, no Alto Paranaíba, na segunda-feira (12). A defesa nega o crime.

Conforme o boletim de ocorrência, a massagem estava agendada para as 11h. Ao chegar no local, a massagista orientou o cantor a ficar vestido com roupas íntimas para o procedimento, porém, o autor se recursou a usar qualquer peça de roupa. Assim, ela colocou um lençol sobre as partes íntimas do homem e iniciou a massagem.

Ainda segundo o registro, quando a profissional foi massagear uma das pernas, ele retirou o pano e recusou a usá-lo, alegando estar com calor — mesmo com o ar condicionado ligado. Nesse momento, ele perguntou se a vitima era casada, e ela respondeu que tinha namorado.

Também de acordo com o boletim, Lessa indagou sobre a necessidade de se manter coberto, e ela disse que estava constrangida e que, em regra, apenas mulheres ficavam nuas para o procedimento. Ele insistiu em ficar sem o lençol e, em determinado momento, abriu as pernas “como se estivesse aproveitando o contato da vítima com o mesmo”. Foi então que a massagista percebeu que ele havia ejaculado. Ainda assim, pediu que ela continuasse a massagem.

Ao final do procedimento, ele vestiu o roupão e, segundo a vítima, afirmou: “foi bom para você". Ela relatou aos policiais que ficou em estado de choque e com medo de ser atacada quando o cantor se levantou da maca.

Lessa confirma que a massagem aconteceu e que ficou de toalha no processo. Contudo, nega que tenha importunado sexualmente a profissional.

O sertanejo deixou o hotel às 14h30, sentido Nova Ponte e, ao ser contatado pelo gerente do estabelecimento, afirmou que, de lá, iria para Goiânia (GO). A polícia foi acionada, e ele foi preso em casa.

Prisão em flagrante ratificada

Em nota, a Polícia Civil ele foi conduzido e ouvido pela autoridade policial, que ratificou a prisão em flagrante. Ele deu entrada no Presídio de Araxá na terça-feira, por volta das 11h30, e saiu após audiência de custódia. A saída foi no mesmo dia, por volta das 17h40, conforme a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). A investigação do caso está a cargo da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Araxá.

Leia a nota da defesa do cantor na íntegra

“No dia 12/02/2024, segunda-feira, foi veiculada em alguns meios de comunicação uma suposta acusação de importunação sexual associada ao cantor e compositor Thales Lessa.
Impende esclarecer que levamos essa alegação muito a sério e estamos cooperando veementemente com as autoridades para garantir que a verdade dos fatos seja esclarecida, entendendo a importância de abordá-los de maneira transparente e responsável.
Ressaltamos todo o respeito à dignidade e aos direitos de todas as pessoas, e jamais existiu a intenção de causar desconforto ou constrangimento a qualquer cidadão. É de conhecimento a sensibilidade do tema e a necessidade de tratar essas questões com a devida seriedade.
No entanto, gostaríamos de afirmar categoricamente que as alegações contra Thales Lessa não refletem a verdade dos fatos. O cantor e compositor está disposto a colaborar integralmente com qualquer investigação ou processo que seja iniciado para apurar os acontecimentos.
Confiamos que uma análise imparcial dos fatos evidenciará a inocência do artista e reafirmamos o compromisso com o respeito mútuo e a integridade, valores que sempre nortearam a conduta pessoal e profissional daquele.
Enquanto aguardamos os resultados da investigação, reiteramos nosso compromisso com a transparência e a justiça. Continuaremos a cooperar plenamente com as autoridades e a tomar as medidas apropriadas conforme necessário.
Pedimos que confiem na honradez do artista, pois garantimos que estamos comprometidos a zelar pela verdade em busca da plenitude de todos.
Estamos à disposição para prestar demais esclarecimentos.”

* com informações do colaborador Willian Tardelli

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Formou em jornalismo pela PUC Minas e trabalhou como repórter do caderno de gerais do jornal Estado de Minas. Na Itatiaia, cobre principalmente Cidades, Brasil e Mundo.
Patrícia Marques é jornalista e especialista em publicidade e marketing. Já atuou com cobertura de reality shows no ‘NaTelinha’ e na agência de notícias da Associação Mineira de Rádio e Televisão (Amirt). Atualmente, cobre a editoria de entretenimento na Itatiaia.
Leia mais