Ouvindo...

Times

Loteria instantânea fomenta varejo e alcança cerca de 1.200 pontos de venda no estado

Com baixo investimento inicial, novo produto da Loteria Mineira tem estimulado o aumento de vendas de lojistas

Com apenas oito meses de existência e mais de 1.200 pontos de vendas espalhados por todo o estado de Minas Gerais, a nova Raspadinha, produto de jogos instantâneos da Loteria Mineira e do Consórcio MSL, tem estimulado o aumento das vendas dos lojistas. Com preços acessíveis e muito mais chances de ganhar, o número de ganhadores sextuplicou, de janeiro a junho deste ano, com as premiações que podem chegar a até 250 mil reais.

Sem custo inicial para os varejistas, o jogo pode aumentar a receita de lucro semanal/anual dos comerciantes com uma comissão de 9% pela venda de cada bilhete. A proposta é ter visibilidade no ponto de venda, além de aproveitar o retorno positivo de um cliente vencedor que poderá investir em mais produtos no mesmo local.

Com uma boa aderência a diferentes pontos de venda de qualquer segmento, o bilhete pode ser vendido em pequenos comércios, bancas de revistas, supermercados e farmácias.

Com uma capilaridade atrativa e de fácil implementação, o jogo já chegou também ao leque de produtos de algumas das principais padarias das maiores regiões de Minas. Um acordo entre a Amipão (formada pelo Sindicato das Indústrias de Panificação do Estado de Minas Gerais, Sip, e pela Associação Mineira da Indústria de Panificação, Amip) e a Raspadinha, está oferecendo, para as primeiras 100 padarias que fecharem o contrato e passarem a vender o bilhete de loteria instantânea, três meses de embalagens de pão. Para os estabelecimentos associados da Amipão, esse prazo se estendeu para quatro meses.

“É um jogo de fácil saída que conta com uma procura muito boa. Como tem um alto giro e um valor atrativo, o ganhador, na maioria das vezes, acaba reinvestindo seu prêmio em itens na loja ou na própria raspadinha. É um produto que pode ser utilizado em promoções e agrega no mix do estabelecimento”, conta o proprietário da Panificadora Halley, em Contagem, Acácio Lotte Magalhães.

Existem atualmente quatro jogos disponíveis para comercialização: a ‘Super Premiada’, o ‘Boa Sorte’, o ‘7 da Sorte’ e o ‘Jogo da Velha’. Com visual atrativo, os valores dos bilhetes também chamam a atenção do consumidor e é possível adquirir pelo valor de R$2, R$5 e R$10.

Do faturamento líquido total, 21% devem ser destinados ao governo de Minas, beneficiando e proporcionando a inauguração de escolas, creches, hospitais, além de obras de saneamento e urbanização.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Todos os dias, nossos profissionais estão de olhos abertos e ouvidos atentos para levar até você todas as notícias e novidades que fazem uma cidade pulsar!