Ouvindo...

Times

Por que o dia de São João é em 24 de junho? Veja essas e outras curiosidades sobre o primo de Jesus

São João Batista é representado como criança e tem como símbolos o cordeiro, o cajado e a fogueira

Desde a Antiguidade, os católicos celebram os feitos e a vida de São João Batista no dia 24 de junho. Mesmo com a data oficial, no calendário da Igreja Católica, sendo nesta segunda-feira (24), a festa costuma ocorrer na noite da véspera.

Segundo a Bíblia, São João Batista teria nascido exatamente seis meses antes de Jesus. A data para celebrar o santo é um evento raro, já que os católicos têm o costume de celebrar os santos na data de suas mortes.

João é filho de Isabel, que de acordo com as escrituras bíblicas, é prima de Maria, mãe de Jesus. Sendo assim, ele é considerado primo de Jesus.

Leia também

Ele também foi responsável por batizar Jesus nas águas do rio Jordão, sendo o primeiro a enxergá-lo como profeta. Mais tarde, esse ritual tornou-se um dos mais importantes pilares do catolicismo.

São João Batista, geralmente, é retratado como uma criança por ter nascido meses antes de Jesus. Ele tem como representações o cordeiro, o cajado e a fogueira.

O cordeiro representa o próprio Jesus e o cajado é a ferramenta do pastor. Por sua vez, a fogueira tem relação com o momento do dia em que o santo nasceu e é o elemento simbólico que ilumina a humanidade.

Festa junina

No Brasil, as festas católicas se uniram à cultura de celebração da colheita da plantação e do final do tempo das chuvas, que ocorre no início do inverno, poucos dias antes do dia de São João. A celebração do santo se une às festas em homenagem a Santo Antônio e São Pedro, nos dias 13 e 29 de junho, formando a tríade dos santos juninos.

* Sob supervisão de Enzo Menezes


Participe dos canais da Itatiaia:

Pablo Paixão é estudante de jornalismo na UFMG e estagiário de jornalismo da Itatiaia
Leia mais