Ouvindo...

Times

Frente fria vai derrubar temperatura em SP, mas intensidade fraca fará calor voltar

Termômetros devem despencar na terça, com máxima de 20°C

A capital paulista e a região metropolitana deverão ter uma gangorra na temperatura nesta semana. Nesta segunda-feira (24), a máxima prevista de 28°C, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura de São Paulo, poderá ser de calor recorde para o mês de junho.

Porém, uma frente fria que chega na terça-feira (25) vai derrubar as temperaturas, deixando a máxima prevista em 20°C. Segundo o CGE, a propagação de uma fraca frente fria ao longo do litoral paulista vai mudar o tempo.

Dessa forma, a capital paulista e a região metropolitana terão céu nublado a encoberto, ventos soprando do quadrante sul e chuviscos ocasionais. Há potencial para chuvas isoladas e de baixo volume acumulado nas áreas mais próximas da serra do mar. Por conta disso, a temperatura máxima apresenta acentuado declínio.

Na quarta-feira (26), o sistema frontal se afasta rapidamente para o oceano, e após um amanhecer com formação de névoa úmida, o sol aparece a partir do meio da manhã e passa a predominar.

A temperatura volta a apresentar elevação e a umidade entra em declínio nas horas de maior aquecimento. Não há previsão de chuva, e as temperaturas devem oscilar entre 15°C e 27°C.

Há quase um mês não chove significativamente na capital paulista, informou o CGE. A última chuva significativa registrada aconteceu no dia 27 de maio, quando a precipitação média acumulada na cidade foi de 27,8 mm.

Os dados do CGE mostram que junho acumulou até o momento 0,3 mm de chuva, o que corresponde a apenas 0,6% da média do mês que é de 49,5 mm.

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais