Ouvindo...

Times

Brasil não tem nenhuma cidade no ranking das 200 melhores do mundo; veja lista

No total, 29 cidades brasileiras aparecem na lista da Oxford Economics, fora do top 200. As mais bem colocadas, após São Paulo, são Brasília, Rio de Janeiro, Campinas e Florianópolis

A Oxford Economics divulgou estudo com o ranking das “200 melhores cidades do mundo” em 2024. O Brasil não tem nenhum município dentro da lista das mais bem avaliadas. Os indicadores, segundo a instituição, são divididos em cinco categorias:

  • Economia
  • Qualidade de vida
  • Governança
  • Ambiente
  • Capital humano

“As melhores cidades do mundo não só proporcionam contribuições econômicas importantes, como também são centros de educação e inovação empresarial, e investem nas infraestruturas necessárias para manter uma boa qualidade de vida. Elas também dão prioridade a políticas que se centram no ambiente e na boa governança”, destacou o relatório.

Ranking geral

  • 1º – Nova Iorque, Estados Unidos
  • 2º – Londres, Reino Unido
  • 3º – San José, Estados Unidos
  • 4º – Tóquio, Japão
  • 5º – Paris, França
  • 6º – Seattle, Estados Unidos
  • 7º – Los Angeles, Estados Unidos
  • 8º – São Francisco, Estados Unidos
  • 9º – Melbourne, Austrália
  • 10º – Zurique, Suíça
  • 11º – Boston, Estados Unidos
  • 12º – Dublin, Irlanda
  • 13º – Washington, Estados Unidos
  • 14º – Estocolmo, Suécia
  • 15º – Copenhague, Dinamarca
  • 16º – Sydney, Austrália
  • 17º – Toronto, Canadá
  • 18º – Dallas, Estados Unidos
  • 19º – Oslo, Noruega
  • 20º – Vancouver, Canadá
  • 21º – Genebra, Suíça
  • 22º – Luxemburgo, Luxemburgo
  • 23º – Perth, Austrália
  • 24º – Denver, Estados Unidos
  • 25º – Houston, Estados Unidos

Cidades Brasileiras

São Paulo está entre as mil maiores cidades globais, ocupando o 294º lugar no levantamento. A pesquisa analisou 27 indicadores dessas regiões, representando 30% da população mundial e 60% do PIB global de 2022. Porém, a cidade teve sua pior posição (604ª) em qualidade de vida, considerando fatores como “expectativa de vida, despesas com habitação e igualdade de renda”.

Leia também

Maceió se destaca no 20º lugar na categoria “ambiente”, avaliando a “qualidade do ar, variações de temperatura e desastres naturais”. Fortaleza também se sobressai nesse quesito, em segundo lugar, seguida por Natal, que está em quarto lugar. No total, 29 cidades brasileiras aparecem na lista, com Brasília, Rio de Janeiro, Campinas e Florianópolis entre as mais bem colocadas, após São Paulo.

Metodologia

  • A categoria Economia contém indicadores que medem o tamanho econômico, a estrutura e o crescimento de cada cidade, examinando tanto o desempenho histórico como o potencial futuro;
  • A categoria Capital Humano contém indicadores que medem o clima educacional e empresarial de cada cidade, em conjunto com as tendências demográficas;
  • A categoria Qualidade de Vida contém indicadores que medem os benefícios de viver em cada cidade e o bem estar dos residentes, abrangendo resultados financeiros e de saúde, bem como o acesso a comodidades;
  • A categoria Meio Ambiente contém indicadores que medem a natureza ambiente de cada cidade sobre questões relacionadas com as alterações climáticas;
  • A categoria Governança contém indicadores que medem a estabilidade política de uma cidade e o grau em que os direitos dos residentes são protegidos.

Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista nascida na capital federal. Graduada pelo Instituto de Educação Superior de Brasília (Iesb), foi editora de política nos jornais O Tempo e Poder360. É especializada em Língua Portuguesa e Revisão de Texto. Na Itatiaia, é Supervisora de Conteúdo desde fevereiro de 2024.
Leia mais