Ouvindo...

Times

Desenrola: prazo para devedores negociaram dívida com desconto de até 96% termina nesta segunda (20)

No Brasil, são mais de 72 milhões de brasileiros endividados

Uma coisa é certa: ninguém quer ficar com o nome sujo e muito menos com dívidas. Afinal de contas, CPF com restrição impede a pessoa de fazer compras parceladas ou até mesmo conseguir empréstimos ou financiamentos. No Brasil, são mais de 72 milhões de brasileiros endividados. A inadimplência por aqui cresceu pelo segundo mês consecutivo e o aumento é de 1,19% em relação ao mês anterior, conforme levantamento da Serasa.

Deixar a dívida para depois é um péssimo negócio. “Temos o programa Desenrola vai até hoje. Pelo aplicativo da Serasa, você pode consultar gratuitamente seu CPF, ver quais contas estão pendentes para você e ver se tem desconto. São mais de 500 empresas ofertam esse desconto”, disse a especialista da Serasa, Ana Clara Aguiar.

Leia também

Dados do Ministério da Fazenda apontam que, até a semana passada, quase 15 milhões de pessoas já renegociaram cerca de R$ 51 bilhões de reais.

Os brasileiros com idades entre 41 e 60 anos representam a maior fatia da população com nome restrito, com 35,1%. Na sequência estão as faixas etárias de 26 a 40 anos, depois acima de 60 anos e por último os jovens entre 18 e 25 anos. Entre os estados com população mais inadimplente estão Mato Grosso, Rio de Janeiro e Distrito Federal. Minas Gerais aparece em décimo oitavo.

O cartão de crédito continua sendo o grande vilão e representa quase 30 por cento das dívidas, seguido por contas básicas como água, luz e gás.


Participe dos canais da Itatiaia:

Jornalista graduada pelo Centro Universitário Newton Paiva em 2005. Atua como repórter de cidades na Rádio Itatiaia desde 2022
Leia mais