Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Homem tem parada cardiorrespiratória e morre ao tentar salvar o próprio cachorro de ataque de pitbull

Claudionor Rocha Coutinho, de 49 anos, também foi mordido pelo animal antes passar mal e morrer

Um homem de 49 anos morreu após ser atacado por um pitbull no último domingo (25). O caso aconteceu na Zona Leste São Paulo e, segundo moradores, foi terceiro envolvendo o mesmo animal em menos de 15 dias.

Na ocasião, Claudionor Rocha Coutinho foi defender o seu cão de estimação do ataque do pitbull, mas passou mal e morreu. Em entrevista ao G1, a prefeitura informou que ele teve uma parada cardiorrespiratória.

O ataque foi filmado por câmeras de segurança. Nas gravações, é possível ver o momento em que o animal, que tem o nome de Bolt, ataca o homem e uma segunda pessoa tenta afastar o cachorro de Claudionor.

Leia também

O tutor de Bolt, é Victor Fernando Oliveira da Silva, de 22 anos, já o animal tem um pouco mais de um ano. De acordo com moradores, o jovem mau-trata o animal e o deixa solto.

A Polícia Civil investiga o caso como morte acidental, e segundo o boletim de ocorrência, o cão já se fugiu diversas vezes da casa do tutor - que não possui portão. Victor Fernando pode responder pela morte de Claudionor.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Ana Luisa Sales é estudante de jornalismo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Na Itatiaia desde 2022, já passou por empresas como ArcelorMittal e Record TV Minas. Atualmente escreve para as editorias entretenimento, curiosidades e cidades.
Leia mais