Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Angra dos Reis, Búzios e Cabo Frio: Rio tem 75 cidades em alerta laranja de chuva

Cidades do Rio de Janeiro devem ter mais chuva nas próximas horas

Quase oitenta cidades do Rio de Janeiro, incluindo Angra dos Reis, Arraial do Cabo, Búzios e Cabo Frio, foram incluídas no alerta laranja de chuva intensa divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) nesta quinta-feira (22).

Nesses locais, pode chover de 30 a 100 mm/dia, além de ventos intensos (60-100 km/h). Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

O comunicado vale até as 10h desta sexta (23) e pode ser renovado ao longo do dia. (veja abaixo a lista completa das cidades).

Entenda os alertas do Inmet

Amarelo - Esse é o alerta emitido nos casos de “perigo potencial” ou “risco moderado”, ou seja, uma situação meteorológica que pode se tornar perigosa.

Quando uma cidade é incluída no alerta amarelo, ela pode registrar chuvas com intensidade entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia, além de ventos de 40km/h a 60km/h. O alerta amarelo também inclui baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Laranja - Emitido em casos de “perigo” ou “risco alto”, quando a situação meteorológica já é perigosa. As cidades em alerta vermelho podem ter chuvas com volume entre 30 e 60 milímetros hora ou de 50 a 100 milímetros por dia. Os ventos são intensos, com velocidades entre 60 km/h e 100 km/h. O risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas é consideravelmente maior.

Vermelho - Emitido nos casos de “grande perigo” ou “risco muito alto”, com volume de chuva superior a 60 milímetros por hora ou 100 milímetros por dia. O risco de alagamentos e transbordamentos de rios é grande, assim como a possibilidade de deslizamentos de encostas.

Veja quais são as cidades do Rio no alerta laranja:

  • Angra dos Reis
  • Araruama
  • Areal
  • Búzios
  • Arraial do Cabo
  • Barra do Piraí
  • Barra Mansa
  • Belford Roxo
  • Bom Jardim
  • Cabo Frio
  • Cachoeiras de Macacu
  • Cantagalo
  • Carmo
  • Casimiro de Abreu
  • Comendador Levy Gasparian
  • Cordeiro
  • Duas Barras
  • Duque de Caxias
  • Engenheiro Paulo de Frontin
  • Guapimirim
  • Iguaba Grande
  • Itaboraí
  • Itaguaí
  • Itaperuna
  • Itatiaia
  • Japeri
  • Laje do Muriaé
  • Macaé
  • Macuco
  • Magé
  • Mangaratiba
  • Maricá
  • Mendes
  • Mesquita
  • Miguel Pereira
  • Miracema
  • Nilópolis
  • Niterói
  • Nova Friburgo
  • Nova Iguaçu
  • Paracambi
  • Paraíba do Sul
  • Paraty
  • Paty do Alferes
  • Petrópolis
  • Pinheiral
  • Piraí
  • Porciúncula
  • Porto Real
  • Quatis
  • Queimados
  • Resende
  • Rio Bonito
  • Rio Claro
  • Rio das Flores
  • Rio das Ostras
  • Rio de Janeiro
  • Santo Antônio de Pádua
  • São Gonçalo
  • São João de Meriti
  • São José do Vale do Rio Preto
  • São Pedro da Aldeia
  • Sapucaia
  • Saquarema
  • Seropédica
  • Silva Jardim
  • Sumidouro
  • Tanguá
  • Teresópolis
  • Trajano de Moraes
  • Três Rios
  • Valença
  • Varjão de Minas
  • Vassouras
  • Volta Redonda

São Paulo tem 673 cidades na lista de alerta amarelo e laranja para chuva intensa divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) na manhã desta quinta-feira (22). O comunicado vale até as 10h desta sexta (23) e pode ser renovado ao longo do dia.

O alerta laranja lista quase 600 cidades. Nesses locais, pode chover de 30 a 100 mm/dia, além de ventos intensos (60-100 km/h). Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Entenda os alertas do Inmet

Amarelo - Esse é o alerta emitido nos casos de “perigo potencial” ou “risco moderado”, ou seja, uma situação meteorológica que pode se tornar perigosa.

Quando uma cidade é incluída no alerta amarelo, ela pode registrar chuvas com intensidade entre 20 e 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia, além de ventos de 40km/h a 60km/h. O alerta amarelo também inclui baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas.

Laranja - Emitido em casos de “perigo” ou “risco alto”, quando a situação meteorológica já é perigosa. As cidades em alerta vermelho podem ter chuvas com volume entre 30 e 60 milímetros hora ou de 50 a 100 milímetros por dia. Os ventos são intensos, com velocidades entre 60 km/h e 100 km/h. O risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas é consideravelmente maior.

Vermelho - Emitido nos casos de “grande perigo” ou “risco muito alto”, com volume de chuva superior a 60 milímetros por hora ou 100 milímetros por dia. O risco de alagamentos e transbordamentos de rios é grande, assim como a possibilidade de deslizamentos de encostas.

Participe do canal da Itatiaia no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui e se inscreva.

Jornalista formado pela Newton Paiva. É repórter da rádio Itatiaia desde 2013, com atuação em todas editorias. Atualmente, está na editoria de cidades.
Leia mais