Ouça a rádio

Ouvindo...

Times

Cuidadora é presa por manter idosos em cárcere e furtar mais de R$ 200 mil em SP

Caso aconteceu em Botucatu, no interior de São Paulo

cuidadora-botucatu.webp

Mulher foi presa quando estava em agência bancária

Polícia Civil/Divulgação

Uma cuidadora foi presa na segunda-feira (15), em Botucatu, no interior de São Paulo, suspeita de manter dois idosos em cárcere privado e furtar mais de R$ 200 mil da conta bancária de um deles. As vítimas são um homem de 79 anos e a irmã dele, de 72.

De acordo com a Polícia Civil, a mulher, de 42 anos, foi presa ao tentar fazer uma transferência de cerca de R$ 300 mil numa agência bancária de Botucatu. O gerente, que sabia das suspeitas, informou que a mulher estava no local.

Segundo a polícia, o caso foi denunciado pelo homem que é o responsável por ajudar os idosos a cuidarem da vida financeira. Ele tem uma procuração desde 1993.

A mulher foi contratada no fim do ano passado, depois que a idosa precisou de cuidados de saúde. A princípio, a cuidadora trabalharia durante o dia. No entanto, a mulher é suspeita de levar os idosos para a casa dela e mantê-los sem contato com outras pessoas.

Ela foi presa em flagrante pelos crimes de cárcere privado, sequestro e furto qualificado. Conforme a polícia, na delegacia, ela deu versões contraditórias. O caso está sendo investigado.

A Rádio de Minas. Tudo sobre o futebol mineiro, política, economia e informações de todo o Estado. A Itatiaia dá notícia de tudo.
Leia mais