Ouvindo...

Times

Idoso é encontrado morto em rio com pés e mãos amarrados; PC suspeita de latrocínio

Família suspeita que venda de gados pode ter causado o crime; companheira da vítima estava desaparecida

Um idoso foi encontrado morto com os pés e mãos amarrados no rio Tibagi, em Jataizinho, no Paraná. A Polícia Civil do Estado investiga o caso, e a suspeita é de que ele tenha sido vítima de latrocínio.

Roque Miguel Bronqueti, de 72 anos, foi dado como desaparecido no dia 06 de janeiro na cidade de Venceslau Brás. Após algumas horas de busca, o corpo foi encontrado.

Uma das filhas do idoso foi até a casa dele e sentiu falta de pertences pessoais, como televisão, dinheiro e uma caminhonete, por isso, a suspeita é de que ele tenha sofrido latrocínio (roubo seguido de morte).

A perícia constatou que o idoso teve morte por asfixia mecânica por afogamento. A caminhonete foi encontrada em Londrina, no dia 8 de janeiro.

A namorada do idoso, Claudiane Piedade Machado, de 22 anos, também estava desaparecida. Ela foi encontrada dias depois em um sítio e justificou que sumiu porque estava usando drogas. Ela e o idoso tinham um relacionamento “casual” e não moravam juntos, contou uma familiar ao UOL.

Essa mesma integrante da família afirmou que uma venda de gados pode ter motivado o crime e que a namorada de Roque tem participação no crime. A morte foi um choque para todos os parentes de Roque, que era uma pessoa “cheia de saúde”.

Jornalista formada pela PUC Minas. Mineira, apaixonada por esportes, música e entretenimento. Antes da Itatiaia, passou pelo portal R7, da Record.
Leia mais