Wellington Campos

Coluna do Wellington Campos

Veja todas as colunas

Um Brasil e Argentina como nos bons tempos do Mineirão

08/07/2021 às 01:03


O Maracanã viverá no próximo sábado, dia 10, às 21 horas, um daqueles jogos que todos os torcedores gostariam de estar nas arquibancadas e assistir de perto. Afinal, um Brasil e Argentina é sempre um clássico cercado de rivalidades, catimbas e grandes jogadores.

Aprendi a gostar deste confronto ouvindo as histórias do meu falecido pai. Seu Elpídio fazia questão de contar como foi a viagem de Formiga até Belo Horizonte, o rodízio de carnes numa churrascaria de estrada a caminho do Mineirão e os lances que ficaram eternizados em sua memória. Lógico, admirando a garra e a beleza do futebol dos ‘hermanos argentinos”.

Bem, no próximo jogo, vamos ver de um lado Neymar e do outro Messi. Certeza de grandes jogadas e a expectativa de gols de dois grandes jogadores que ainda devem aos seus currículos um título com a seleção principal. Quem levantar a Copa América terá um gosto especial de ser a primeira conquista.

Neste momento, vejo a Seleção Brasileira mais encorpada e até favorita. Porém, o tempo nos ensinou que a Seleção Argentina merece respeito e eles crescem em partidas especiais. O torcedor que estará colado no rádio ou via aplicativo da Itatiaia, de olho na TV, vai ter motivos de sobras de parar tudo e ver um jogão.

Que os deuses do futebol inspire os 22 jogadores para que o Maracanã, templo sagrado, reviva seus grandes dias e, mesmo sem os torcedores, possamos ter um noite inesquecível, como aquelas que o meu pai, hoje lá céu, contava com riqueza de detalhes de suas idas ao Estádio Magalhães Pinto nas décadas de 1970 e 1980.

Sábado, a Itatiaia vai escrever novamente seu nome na história do futebol mundial. Se liga aí.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Enquanto o grupo ganha cerca de US$ 15 mil por minuto, mais de 163 milhões de pessoas estão na faixa da pobreza

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    CONTEÚDO PUBLICITÁRIO O endividamento das famílias aumentou e um dos principais motivos é a utilização do recurso que cobra um dos juros mais altos do mercado. Os juros do ro...

    Acessar Link