Ouça a rádio

Compartilhe

STJD afasta hipótese de corrupção no caso Benecy

A Primeira Comissão Disciplinar julgou nesta quarta-feira, 27 de janeiro, o supervisor de futebol licenciado do Cruzeiro, Benecy Queiroz, que, ao conceder uma

A Primeira Comissão Disciplinar julgou nesta quarta-feira, 27 de janeiro, o supervisor de futebol licenciado do Cruzeiro, Benecy Queiroz, que, ao conceder uma entrevista em Belo Horizonte, falou em compra de árbitro entre as décadas de 1980 e 1990.

A corte esportiva puniu com 90 dias de suspensão, afastando a hipótese de corrupção por falta de elementos como data, nome do árbitro e competição.

O advogado do Cruzeiro, Dr. Theotônio Chermont, fez a defesa de Benecy Queiroz e comentou na Itatiaia o resultado. Ouça aqui.