Wellington Campos

Coluna do Wellington Campos

Veja todas as colunas

Galo da esperança 

Depois de conquistar o Brasil, agora é hora de vencer as Américas e desbancar o mundo

18/12/2021 às 11:04

Pedro Souza / Atlético

O torcedor do Atlético vive momentos mágicos. Com certeza, muitos deles sonhados e até abandonados em torneios e campeonatos passados. 

Hoje é chic ser Galo. Sorriso fácil, orgulho de ter nascido assim ou ter esperado por esses dias de glória. Viva o futebol e seu jeito único. 

O Galo da esperança vai invadir 2022 e desafiar os times que, até então, atravessavam as gargantas de sua fanática torcida, ávida por vitórias épicas. 

Depois de conquistar o Brasil, agora é hora de vencer as Américas e desbancar o mundo. Talvez com um pouco de pressa, talvez com um gostinho de ser gigante da bola. 

O Galo da esperança vai pintando o planeta de preto e branco e fazendo cores num arco-íris que só quem é atleticano, nascido no meio da massa, pode entender e se emocionar. 
Não há limites para os apaixonados torcedores que brotam das vitórias e dos gols dos pés de seus artilheiros e craques desenhados pela paixão. 

O Galo da esperança quer mais. Muito mais que somente gritar campeão. Ser imenso como sempre foi, e assim será. 

Vai Galo!!! 
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Temperatura máxima pode chegar aos 28ºC #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Antes da pandemia, cerca de 3.500 profissionais atuavam na área; agora, não é possível precisar o número #itatiaia

    Acessar Link