Ouça a rádio

Compartilhe

Fifa acaba com aposentadoria da arbitragem aos 45 anos

A Fifa comunicou as confederações que a partir de agora os árbitros poderão continuar no quadro internacional depois dos 45 anos.

A Fifa comunicou as confederações que a partir de agora os árbitros poderão continuar no quadro internacional depois dos 45 anos. Ao que parece, a entidade maior do futebol mundial entendeu que é difícil fazer um árbitro maduro com pouca idade e que a maioria consegue apitar bem depois dos 40.

Resta saber, se a Fifa pretende subir a idade de inclusão no seu quadro, até então, limitado para os 38 anos. Um argumento usado para acabar com o limite etário é de que muitos apitadores conseguem seus auges com 40 anos, conduzindo as partidas com tranquilidade e equilíbrio, não disputando com os atletas a atenção dos torcedores e telespectadores.

Vários bons árbitros brasileiros tiveram que deixar o apito no melhor momento da carreira, o que proporcionou grande prejuízo para as competições nacionais e internacionais. Sem citar nomes, essa mudança na idade poderá ser benéfica para o futebol no mundo inteiro.

Clique aqui para ouvir a entrevista do presidente da Comissão Nacional de Árbitros, Sérgio Corrêa