Wellington Campos

Coluna do Wellington Campos

Veja todas as colunas

Mais Notícias

E a Liga Sul-Minas-Rio?

O torcedor tem perguntado sobre a Liga Sul-Minas-Rio que foi criada na semana passada em reunião na Gávea e tem como presidente Gilvan de...

17/09/2015 às 03:54

O torcedor tem perguntado sobre a Liga Sul-Minas-Rio que foi criada na semana passada em reunião na Gávea e tem como presidente Gilvan de Pinho Tavares, o homem do Cruzeiro.

Alguns clubes estão insatisfeitos com suas federações e resolveram criar essa Liga. As picuinhas estaduais caminharam para essa associação que precisa do aval da CBF e das próprias federações para funcionar. São determinações que vêm da FIFA e do próprio Estatuto do Torcedor no Brasil.

Alguns detalhes precisam ser analisados. O principal é: quem vai bancar? Estamos numa das piores crises da história da nossa economia. Empregos são perdidos, impostos criados, escândalos aos montes nas páginas dos jornais e o reflexo de tudo isso é a diminuição do consumo, que proporciona menos patrocinadores, também para o futebol. Diminuiu o dinheiro da televisão também.

A TV Globo, dona dos principais campeonatos estaduais e do nacional, já tem, por contrato, essas equipes que pretendem fazer um novo torneio. Nos estaduais, repito, por contrato, precisam utilizar seus principais times. No estadual carioca de 2015, cada equipe grande, leia Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo, receberam por jogo, R$ 310 mil líquidos. Fora bilheteria nos estádios.

Essa mesma TV Globo não vê com bom olhos um minicampeonato brasileiro. Até, porque precisa vender pay-per-view, hoje uma das maiores receitas para os clubes. Por sua vez, as federações precisam honrar compromissos com seus filiados com os estaduais.

Uma outra dificuldade é a falta de datas. Os clubes não teriam como jogar, estadual, Libertadores, Sul-Minas-Rio e Copa do Brasil. Aliás, nesse 25 anos de cobertura de CBF a coisa que eu mais ouvi foi que o nosso calendário é desumano.

Então, quem já pagou pelos estaduais não quer um regional. Além do Estatuto do Torcedor obrigar a participação por ranking, não permitindo convites. Basta observar a Copa do Nordeste que segue as colocações dos estaduais, tanto que o Vitória, que foi mal no campeonato baiano e está fora da edição de 2016 do torneio.

Na Copa do Nordeste hoje temos apenas um clube na Série A, o Sport Recife. Na Copa Verde nenhum. Os ingressos no nordeste são de R$ 5,00 e R$ 10,00. Uma outra realidade se comparada ao sudeste e sul do Brasil.

Nem a volta do Rio-São Paulo interessa. Faltam datas, patrocínios, e a televisão não quer.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    A suspeita é de que a vítima estava em alta velocidade #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O homem estava sem capacete e foi localizado com vários ferimentos na região da cabeça #itatiaia

    Acessar Link