Ouça a rádio

Compartilhe

Chapecoense precisa de respeito

Desde o acidente temos ouvido muitas coisas. Algumas interessantes e outras inoportunas. A verdade é a importância de ajudar a...

Foto: Cleberson Silva/Chapecoense
Chapecoense precisa de respeito

Não sei por quanto tempo ainda vamos sofrer com a tragédia da Chapecoense, que envolveu o elenco e a comissão técnica do clube, além de nossos colegas jornalistas. Uma dor forte, imensa.

Desde o acidente temos ouvido muitas coisas. Algumas interessantes e outras inoportunas. A verdade é a importância de ajudar a reerguer um clube que ganhou a simpatia do mundo na dor de sua gente. Estreitou laços de amizades de brasileiros e colombianos e mostrou como funciona esse mundo do futebol. A magia da solidariedade erguida em todos os cantos do mundo.

Doações financeiras, títulos, empréstimos de atletas, adesão ao sócio-torcedor e outras medidas são bem vindas.

A Chapecoense precisa de respeito. E ele virá com sua participação em campo. Conquistando vitórias. A mesma fórmula que fez a Chape conquistar o nosso respeito.

Bem lúcida a declaração do presidente em exercício do time catarinense em classificar de “besteira” blindar por três anos o rebaixamento do clube. Seria apenas fomentar um problema para a parte final da competição.

O campeonato é de força e qualidade. Os fortes permanecem, os fracos caem. Simples assim.

Dando o devido respeito à Chapecoense, ela terá condições técnicas de continuar entre as grandes equipes do Brasil, jogando seu futebol dentro de campo.

#ForçaChape