Ouça a rádio

Compartilhe

BH, uma declaração de amor

BH, uma declaração de amor

Divulgação

“Que me perdoem as feias, mas beleza é tudo. Beleza é fundamental”. E você é. Não, essa frase não é minha. Roubei por instantes, como fazem os apaixonados, para declarar meu amor. Perdoe-me, Vinicius de Moraes, o poetinha. 

Mas, aos 120 anos, não resisti. Te abraço forte e rogo a Deus para que te cubra com o manto sagrado da proteção divina. Acolha sua gente e abra sorrisos aos borbotões, quantos mais puder e quiser. Saciados, sãos e comprometidos com você. 

Somos cúmplices de uma vida diária de segredos e revelações. Brigamos, sim, confesso. Mas não existe paixão sem ciúmes. Te querendo melhor, sempre. 

Às vezes, não conseguimos falar a mesma língua. Esforçamos para nos entender dos problemas do dia a dia. Te quero bem. Linda, cheirosa e evidente. 

Fico louco quando te menosprezam. Rogo pragas e juro desprezo aos desavisados críticos que não te conhecem como nós. 

Não vou alongar. Já percebeu que tenho fôlego para te amar por mais 120 anos-luz em qualquer galáxia que inventar de fugir. Iremos com você. 

Quero acordar, viver e adormecer ao seu lado BH. 

Aproveite e ouça a minha declaração de amor nas ondas infinitas e apaixonadas da Rádio Itatiaia. Testemunha viva da sua história. 

Não há distância que nos separe. Daremos notícias de tudo. Só para te fazer feliz. Melhor cidade do mundo!