Wellington Campos

Coluna do Wellington Campos

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Belo Horizonte e as Copas

Belo Horizonte e as Copas

06/05/2013 às 02:27

Muitos seguidores do Twitter tem comentado que Belo Horizonte ficou sem o jogo de abertura da Copa do Mundo com a cidade São Paulo sem ter um estádio ainda, considerando o avanço das obras do Mineirão. Acredito que a fatia do bolo nessas duas Copas, Confederações em 2013 e do Mundo em 2014, contemplam a capital mineira com uma grande visibilidade e a possibilidade de faturamento financeiro ainda maior que a capital paulista. A FIFA deu o verdadeiro valor a Minas Gerais. Na Copa das Confederações os mineiro vão assistir pelo menos 3 jogos em 2013, sendo 2 da primeira fase e um de semi-final. Na Copa do Mundo em 2014 serão 6 jogos nos dias 14,17,21,24,28 e 30 junho e ainda a semi-final no dia 8 de julho. Como Belo Horizonte está com as obras adiantadas e no meio do caminho alguém pode ter problema, a cidade seria uma das opções para remanejar algum jogo já definido, resolvendo o problema da FIFA de imediato. Precisamos estar preparado e prontos. Vale lembrar que depois teremos em 2015 a Copa América aqui no Brasil e em 2016 nas Olimpíadas do Rio, o Mineirão vai receber jogos também. Enfim, o que não falta é evento em Minas Gerais. Aos torcedores que nunca foram a uma copa do mundo, informo que se trata de um evento único, com toda a magnitude do futebol e os preços cobrados pelos ingressos podem parecer caros, porém vale pelo oportunidade de ver e sentir a emoção de um jogo de seleções. Guardar aquele ticket do ingresso e mostrar mais tarde para os netos que esteve no Mundial realizado em Belo Horizonte, não tem preço. Aqui no Rio de Janeiro as vezes encontro com alguns senhores de cabelos brancos e que estavam no Maracanã na Copa de 1.950 e eles falam com muita emoção de ter participado como torcedor. Vai guardando um dinheirinho a partir de hoje para os ingressos e descubra que você é um privilegiado de Deus por ter a oportunidade de ver de pertinho uma Copa do Mundo. E se na hora do Hino Nacional do Brasil vier aquela vontade de chorar de orgunho do seu país, não poupe as lágrimas, elas também fazem parte do espetáculo.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou