Wellington Campos

Coluna do Wellington Campos

Veja todas as colunas

VAR já é polêmico na Argentina

A Libertadores foi destaque pelo lance de uma bola na mão que a TV viu e o árbitro de campo e seu VAR não viram.

01/11/2017 às 04:20

Sim, já foi xingado logo nos primeiros dias de vida. Sequer se lembraram do jogão de bola e uma virada sensacional. Ele já assume o papel de protagonista. Memes estão nas redes sociais ridicularizando tal falha.

Estou falando do “árbitro de vídeo” na Libertadores, chamado pela Fifa de VAR (sigla em inglês de Video Assistant Referee). O principal torneio da América do Sul foi destaque pelo lance de uma bola na mão que a TV viu e o árbitro de campo e seu VAR não viram.

Lanús e River Plate fizeram uma partida histórica com placares alternados com muita emoção. O árbitro colombiano Wilmar Roldán apitou com ajuda da tecnologia e foi ajudado por ela. Para alguns analistas, também prejudicado ao deixar de dar um penal para o River Plate.

Lógico, quem perde diz que não tem serventia alguma o tal VAR. 

Será que a imagem da TV mostrada nas nossas casas era a mesma do árbitro de vídeo?

Vale lembrar que o VAR é um auxiliar. Não é o apitador principal. A regra diz que a decisão final sobre o lance cabe ao árbitro e não aos seus auxiliares.

No Brasil, a implantação do árbitro de vídeo que seria para ontem, deverá ficar mesmo para 2018. Uma série de dificuldades tecnológicas atrasa o processo. Já estão treinados 64 árbitros e assistentes.

Agora, é esperar que a fibra ótica chegue aos estádios brasileiros para testarmos o mais novo integrante das injúrias dos torcedores.

Insisto, já criamos uma maneira de xingar o árbitro de vídeo?

Aceitamos sugestões bem humoradas, claro.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Processo que tramitava no TJ de Minas foi levada para a Justiça Federal; STF pode deve julgar recurso sobre o caso. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Presidente da República se manifestou sobre a morte do 'guru', que tinha 74 anos #itatiaia

    Acessar Link