Wellington Campos

Coluna do Wellington Campos

Veja todas as colunas

Mais Notícias

A hora do futebol feminino

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anuncia que a Caixa Econômica Federal (CEF) vai patrocinar o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino com a participação de 14 estados, menos Minas Gerais.

14/09/2013 às 12:47

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anuncia que a Caixa Econômica Federal (CEF) vai patrocinar o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino com a participação de 14 estados, menos Minas Gerais. Os clubes mineiros declinaram do convite conforme o ranking feminino da entidade.

Com 20 agremiações, a competição vai de 18 de outubro até 4 de dezembro, e São Paulo terá cinco equipes. Rio de Janeiro e Pará terão dois times e os demais com um representante. Será uma grande oportunidade para revelar novas atletas e difundir o futebol feminino pelo Brasil.

Sempre foi uma grande dificuldade conseguir realizar um campeonato nestes moldes por aqui. Com a ajuda da CEF, os treinadores das seleções de base e principal terão a tão sonhada condição de observar as meninas em ritmo de competição.

É incrível no país do futebol ainda não acontecer com regularidade os campeonatos femininos. Os grandes clubes até que gostariam de contar com departamentos da categoria, porém, o custo e sem patrocínio inviabilizaram suas equipes.

Parece até um milagre encontrar uma Marta, Cristhiane, Formiga, Andréia e outras atletas que encheram nossos olhos jogando pela Seleção Brasileira, mantida como se fosse um time de clube, algo semelhante ao futebol masculino dos Estados Unidos, já classificados para a Copa do Mundo de 2014 aqui no Brasil.

A semente está lançada, e germinar será um compromisso de muita gente. Seria também razoável que o futebol feminino fosse uma disciplina nos currículos escolares para que as meninas, desde cedo, tomasse gosto pelo futebol.

Parabéns a Caixa Econômica Federal pelo apoio e, com certeza, outras grandes empresas dos mais diversos ramos vão se interessar pelo futebol feminino, afinal, de uma moça bonita e uma bela jogada não tem marmanjo que escape.

A hora do futebol feminino é agora. Seja bem-vindo e venha para ficar. Eu apoio.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Antes da pandemia, cerca de 3.500 profissionais atuavam na área; agora, não é possível precisar o número #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Mais de 30 militares foram acionados para o combate às chamas, que durou cerca de seis horas #itatiaia

    Acessar Link