Wellington Campos

Coluna do Wellington Campos

Veja todas as colunas

Mais Notícias

2014, já estamos juntos num só ritmo… de obras

2014, já estamos juntos num só ritmo… de obras

06/05/2013 às 02:27

Depois de apresentar a Tabela da Copa das Confederações de 15/30  de junho 2013 aqui no Brasil em seis cidades: Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Fortaleza, Brasília, Recife e Salvador, a FIFA, através do Secretário Geral Jerome  Valcke, já sabe um pouco mais da nossa cultura de preparar os grandes eventos, e admite que nem tudo prometido ficará 100% pronto para o Mundial 2014. Com apenas uma ressalva, a FIFA não abre mão dos doze estádios prontos, quer dizer, 100% prontos. Só para ilustrar, o Maracanã da Copa de 1950 jamais ficou pronto. Estamos reproduzindo a coluna do Secretário Geral da FIFA, depois da visita ao Brasil e seu otimismo no mesmo slogan da Copa de 2014, juntos num só ritmo…de obras:

Prezados amigos do futebol,

Juntos colocamos a bola para rolar no Brasil esta semana, literalmente. A apresentação do slogan oficial "All in one rhythm/Juntos num só ritmo" simboliza a missão conjunta do Brasil e da FIFA nos 24 meses restantes até a partida de abertura da Copa do Mundo da FIFA 2014, no dia 12 de junho de 2014 em São Paulo. Foi muito bom voltar ao país não só para esses eventos oficiais, mas principalmente para reuniões de trabalho formais e informais com as principais partes envolvidas, sobretudo as cidades-sede e os estados.

No espírito do slogan oficial, o encontro com governadores e prefeitos das cidades-sede da Copa das Confederações da FIFA imediatamente produziu ações importantes para a organização das partidas.

Desde a reunião de cúpula da Copa do Mundo da FIFA 2014 em Zurique, no dia 8 de maio de 2012, desenvolvemos um método de trabalho integrado entre as principais partes envolvidas. Agora estamos assistindo aos primeiros resultados concretos, notadamente com a implementação de grupos de trabalho em áreas como aeroportos e mobilidade urbana, a fim de garantir que a infraestrutura adequada estará à disposição das 32 seleções, dos milhares de torcedores e dos demais interessados, como os mais de 17 mil jornalistas que acompanharão o evento.

Com o apoio de especialistas da FIFA, avaliações detalhadas de todas as cidades-sede estão sendo feitas pelo Comitê Organizador Local e pelos respectivos governos com o objetivo de mapear a situação e desenvolver planos operacionais com base em cenários variados, como nos casos da partida de abertura, das quartas de final e dos jogos das seleções com grandes grupos de torcedores.

Também criamos listas de prioridade para os projetos que fazem parte da Copa do Mundo e da Copa das Confederações da FIFA. Esta última estabelecerá o padrão em relação ao que esperar de 2014. Dos jogadores à mídia internacional (nada menos que cinco mil representantes da imprensa assistirão às 16 partidas do "Festival dos Campeões"), todos colocarão a FIFA e o país-sede sob escrutínio, desde o local de desembarque até questões como conectividade à Internet.

Agora todos arregaçamos as mangas — Bebeto e Ronaldo e os seus colegas do COL, o ministro do Esporte e a sua equipe, assim como a minha equipe na FIFA. O aquecimento acabou, temos um plano de jogo e escalamos o nosso time. Em menos de quatro semanas, volto ao Brasil para a reunião do Conselho de Administração do COL em Brasília e aproveito a ocasião para visitar algumas cidades-sede na companhia dos membros do COL e do ministro do Esporte Aldo Rebelo.

Até logo,

Jérôme Valcke

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Enquanto o grupo ganha cerca de US$ 15 mil por minuto, mais de 163 milhões de pessoas estão na faixa da pobreza

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    CONTEÚDO PUBLICITÁRIO O endividamento das famílias aumentou e um dos principais motivos é a utilização do recurso que cobra um dos juros mais altos do mercado. Os juros do ro...

    Acessar Link