Rômulo Ávila

Coluna do Rômulo Ávila

Veja todas as colunas

Bipolaridade atleticana 

23/08/2020 às 12:42
Bipolaridade atleticana 

Terceira rodada do Campeonato Brasileiro 2020: Atlético vence o Ceará por 2 a 0 no Mineirão, conquista o terceiro triunfo seguido e assume a liderança da competição. Reação da torcida e de parte da imprensa: Sampaoli é diferenciado, faz mudanças imprevisíveis que surpreendem os adversários, Atlético tem tudo para ganhar o Brasileirão. 

Uma semana depois: Galo é derrotado pelo Internacional, sofre o segundo revés seguido e pode deixar o G4. Reação da torcida e de parte da imprensa: Sampaoli mexe demais no time, Atlético precisa de reforços, o time não é isso tudo, corre o risco de ficar fora até do G4. 

Nunca vi tanta bipolaridade.

O Atlético não era o melhor time do Brasil quando venceu Flamengo, Corinthians e Ceará, nem o pior porque perdeu para o limitado Botafogo e para o bom e competitivo Inter. É uma equipe em formação, com bons jogadores no elenco, mas com carência em alguns setores. Falta conjunto.

Sobre Sampaoli, a verdade é que ele conta com muita paciência e até complacência de boa parte dos torcedores e, especialmente, da imprensa. Imagine se qualquer treinador brasileiro tira um lateral e coloca um volante, deixando o time manco? Ninguém perdoaria. Foi o que Sampaoli fez, por exemplo, contra o Ceará. É apenas um exemplo.

Não gosto muito desse estilo, mas trata-se de uma característica do treinador. Foi assim nos times e nas seleções que ele passou, todos sabem disso e não teria porque mudar agora. Concorde ou não com ele, os resultados de Sampaoli respaldam suas maluquices. Mas em um ponto concordo 100% com ele. Na entrevista coletiva após a derrota para o Inter, ele disse que as pessoas analisam as mudanças com base no resultado. Se o time vence, ele mexeu bem. Se perde, as mexidas foram erradas. É muito isso mesmo. Falta coerência.

Não é hora para empolgação, nem frustração.  Sampaoli sabe disso. Tanto que, mesmo nas vitórias inicias, surpreendeu muita gente ao pedir mais reforços. Ele sabe que para brigar pelo título ainda falta muito. 

O Brasileiro ainda está só começando e é preciso ter paciência. Não existe alquimia no futebol.
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    De acordo com o presidente da CDL, Marcelo de Souza e Silva, a restrição de horários tem causado aglomerações. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O #itatiaianãoperdeclássico desta quarta-feira conta a história de um Atlético e Cruzeiro ocorrido no dia 2 de dezembro. O ano escolhido foi 2012, com os clubes se enfrentando...

    Acessar Link