Lucas Ragazzi

Coluna do Lucas Ragazzi

Veja todas as colunas

Política

Delegado da PF que investigou Brumadinho reage à fala de Paulo Guedes: 'comparação infeliz'

Mais cedo, que o chefe do Ministério da Economia comparou um possível reajuste salarial dos servidores federais à tragédia da barragem

28/12/2021 às 04:11
Delegado da PF que investigou Brumadinho reage à fala de Paulo Guedes: 'comparação infeliz'

O delegado Cristiano Campidelli, chefe da Delegacia de Combate a Crimes contra o Meio Ambiente, da Polícia Federal, reagiu de forma enérgica ao comentário do ministro Paulo Guedes nesta terça-feira (28). Mais cedo, o chefe do Ministério da Economia comparou um possível reajuste salarial dos servidores federais à tragédia da barragem de Brumadinho, que matou 270 pessoas em janeiro de 2019.

"Não posso escrever ou falar em voz alta os adjetivos que vieram à minha cabeça para descrever alguém capaz de fazer uma comparação tão infeliz como esta. Só mesmo alguém sem conhecimento do que ocorreu e despido de um mínimo de respeito à dor dos outros para fazer uma comparação tão infeliz, sorrateira e desarrazoada como esta", disse Campidelli, que, no mês passado, relatou o segundo inquérito sobre o rompimento da barragem, indiciando duas empresas e 19 pessoas por homicídio e outros crimes.

Segundo o jornal 'O Globo', Guedes enviou mensagem a colegas de governo como forma de alerta sobre os efeitos de eventuais aumentos salariais a servidores públicos. "Temos que ficar firmes. Sem isso, é Brumadinho: pequenos vazamentos sucessivos até explodir barragem e morrerem todos na lama", teria escrito o ministro. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Equipes decidem a taça nesta terça-feira (25), dia do aniversário da cidade de São Paulo #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Problema afeta deslocamento até estações Barreiro e Diamante #itatiaia

    Acessar Link