Lucas Ragazzi

Coluna do Lucas Ragazzi

Veja todas as colunas

Política

Entidades empresariais entram em processo do Novo no STF contra aumento do fundão

Valor previsto para o atual Fundão é quase três vezes maior do que o utilizado nas eleições de 2018 e 2020

18/02/2022 às 05:18

A ação movida pelo partido Novo pedindo o reconhecimento de inconstitucionalidade do aumento do Fundo Eleitoral, que foi para R$4,9 bilhões, que está na pauta de votação do Supremo Tribunal Federal (STF) na próxima semana, ganhou duas novas adesões via “amicus curiae”: a Associação Comercial e Empresarial de Minas (ACMinas) e a Findes, que representa 16,6 mil empresas industriais do Espírito Santo. 

O valor previsto para o atual Fundão é quase três vezes maior do que o utilizado nas eleições de 2018 e 2020.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou