Lucas Ragazzi

Coluna do Lucas Ragazzi

Veja todas as colunas

Política

Desembargadora mineira concorre à vaga de ministra do Superior Tribunal de Justiça

Membros de tribunais regionais que irão concorrer às vagas abertas com a aposentadoria dos ministros Napoleão Nunes Maia Filho e Nefi Cordeiro

18/11/2021 às 12:22
Desembargadora mineira concorre à vaga de ministra do Superior Tribunal de Justiça

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) recebeu, nesta semana, as listas dos desembargadores de tribunais regionais que irão concorrer às vagas abertas com a aposentadoria dos ministros Napoleão Nunes Maia Filho e Nefi Cordeiro. 

Entre os candidatos, está a desembargadora mineira Mônica Sifuentes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). 

Além de Sifuentes, única mineira na disputa, outros 15 desembargadores de tribunais regionais foram registrados para o pleito. A eleição vai acontecer no dia 23 de fevereiro de 2022, em sessão presencial, com os membros do STJ votando para a escolha da listra tríplice - que, depois, será encaminhada ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

Mestre e Doutora em Direito Econômico e Constitucional pela UFMG e Universidade de Lisboa, Mônica Sifuentes tem especialização em Combate ao Tráfico Internacional de Pessoas pela American University. Em 2019, foi dela a decisão que destinou um avião apreendido por tráfico dedrogas no Amazonas para reforçar a estrutura da PM de Minas. Sifuentes também já atuou como juíza do TJ mineiro. 

Desta vez, há duas vagas disponíveis no STJ. O modelo para a eleição da lista tríplice ainda será escolhido - há possibilidade de formação de duas listas diferentes ou de uma única, unindo todos os candidatos.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Operações foram interrompidas devido às fortes chuvas que atingiram o Estado nas últimas semanas

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Órgão fiscaliza a conduta abusiva de farmácias e laboratórios que, pela disparada da procura, aumentaram de maneira exagerada os preços dos testes

    Acessar Link