Lucas Ragazzi

Coluna do Lucas Ragazzi

Veja todas as colunas

Política

Após 'pacificação' interna do Novo, Zema quer ficar no partido e construir coligação para 2022

A ideia de coligação, vista como necessária para ter uma base consolidada e, assim, aprovar projetos com mais facilidade no Legislativo, não tem sofrido mais tanta resistência dentro do partido como antes

28/10/2021 às 11:51
Após 'pacificação' interna do Novo, Zema quer ficar no partido e construir coligação para 2022

Após meses de turbulência interna, o partido Novo parece, enfim, estar pacificado, o que deve garantir a permanência do seu principal nome: o governador Romeu Zema. 

Segundo interlocutores do Novo, Zema e seus aliados mais próximos não veem motivos para sair do partido, como já fora ventilado. Agora, há confiança de que o governador poderá escolher o seu vice e construir uma coligação para 2022, atraindo outras siglas para compor a chapa. 

A ideia de fazer uma coligação, vista como necessária para ter uma base consolidada e, assim, aprovar projetos com mais facilidade no Legislativo, não tem sofrido mais tanta resistência dentro do Novo como antes, o que acalmou o círculo mais próximo do governador. 

Outro ponto importante foi a perda de influência do empresário João Amoedo, ex-presidente nacional do partido, nos diretórios estaduais e em parte do diretório nacional. Amoedo era visto por interlocutores do Novo de todo o país como uma figura que vinha atrapalhando a consolidação do partido.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O prêmio de R$ 1,5 milhão não é reajustado há 12 anos pelo programa

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Operações foram interrompidas devido às fortes chuvas que atingiram o Estado nas últimas semanas

    Acessar Link