Itatiaia Ponto Tec

Coluna do Itatiaia Ponto Tec

Veja todas as colunas

Itatiaia Tecnologia

Qual produto criado nos últimos 10 anos você não viveria sem hoje?

21/04/2022 às 10:56
Qual produto criado nos últimos 10 anos você não viveria sem hoje?

Dia 21 de abril é comemorado o dia de Tiradentes no Brasil, mas desde 2018 é também o dia mundial da criatividade e inovação. A data foi instituída pela ONU com o objetivo de “conscientizar sobre a importância da criatividade e da inovação na solução de problemas no que diz respeito ao avanço das metas de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas”.

Ter uma data como essa é importante para que possamos enxergar a criatividade e inovação assim, de forma simples, como solução de problemas nas nossas vidas e criação de um mundo melhor. Por isso, resolvemos perguntar para algumas pessoas:

Qual produto criado nos últimos 10 anos você não viveria sem hoje?

A Cris Guerra, escritora e palestrante, respondeu WhatsApp. Para ela é uma ferramenta que revolucionou a forma como nos comunicamos e encurtamos distâncias, na família, entre amigos e no trabalho. No entanto, ela lembrou que o aplicativo pode ter um papel saudável ou nocivo em nossas vidas, de acordo com o uso que dermos a ele.

O escritor Jacques Fux, por sua vez, apontou um aplicativo que permite a comunicação entre pessoas com paralisia cerebral e o mundo como sendo o mais importante na sua vida hoje. Isso porque Jacques tem um irmão que a partir do uso do aplicativo conseguiu se relacionar de forma muito melhor com a família.

Já a CEO do Órbi Conecta, Dany Carvalho, nos lembrou sobre como os apps de streaming mudaram nossa forma de ouvir musica. Ela não consegue viver sem o Spotify, seja para ouvir suas playlists ou para acompanhar seus podcasts preferidos.

E pra fechar, a pediatra Denise Brasileiro apontou para a telemedicina. Um recurso que passou a ser utilizado recentemente no Brasil e que já vem fazendo a diferença na relação entre médico e pacientes.

E para você, qual produto criado nos últimos 10 anos não daria para viveria sem?

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou