Emanuel Carneiro

Coluna do Emanuel Carneiro

Veja todas as colunas

Europa X América, é hora de mudar

02/07/2021 às 01:41

Ao mesmo tempo em que se jogam partidas na Europa e a Copa América, surgem as comparações inevitáveis sobre virtudes e defeitos nas duas competições principalmente sobre o lado técnico.

É mais importante discutir o que anda faltando nosso continente e o que sobra do outro lado do Atlântico.

Eurocopa veio com 24 seleções após eliminatórias, enquanto na Copa América chegaram 10 seleções ao Brasil e depois das primeiras partidas classificaram-se 8  das 10 seleções. Jogo atrás de jogo para se eliminar apenas Venezuela e Bolívia. Cadê a emoção?

O crescimento europeu já vem de longa data tanto que as últimas 4 Copas do Mundo ficaram com eles. No Mundial de clubes passamos a ser apenas figurantes, perdendo todas as decisões recentes.

Agora alguns pontos importantes sobre esta distância que aumenta a cada dia:

- Os gramados do Velho Continente são infinitamente melhores e mais bem preservados.

- Os técnicos de lá são mais preparados e atualizados. As três últimas eliminações do Brasil nas Copas foram causadas principalmente pela nossa forma de jogar.

- Em 2010, na África, a Holanda virou um jogo no 2º tempo que estava sendo vencido pelo Brasil e que tinha um time melhor.

- Em 2014, Felipão chegou ao jogo com a Alemanha depois de dar muita sorte contra o Chile no Mineirão e fez uma partida ruim, ganhou nos pênaltis e quebrou a cara contra a Alemanha e depois perdeu a 3ª colocação.

- Em 2018, na Rússia, a Bélgica não deu chance e nos tirou. Tite perdeu a parada na tática dos belgas.

Não há o que comparar, é sofrer, é perda de tempo.

O futebol brasileiro precisa ser repensado. O nosso VAR é ridículo, técnico entrar em campo para discutir com juiz, inaceitável. Jogo parado a todo momento, número de falta escandaloso, simulação de contusões e banco de reservas xingando o 4º árbitro e muitos outros aspectos estão empobrecendo as nossas competições a olhos vistos.

As imagens da TV mostrando que os jogos europeus começam a provocar no torcedor brasileiro um sentimento de inferioridade.

Os nossos clubes endividados e a venda de todas as revelações que aparecem indicam um caminho ruim. Precisamos manter a paixão dos brasileiros pelo futebol. Isso ninguém nos supera, mas temos passado, vivemos um presente sem brilho e só o futuro é a salvação.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Motivo para o rompimento com a Precisa Medicamentos não foi revelado. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Comercialização começará nesta segunda-feira (26). #Itatiaia

    Acessar Link