Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Zumbis existem

Zumbis existem

06/05/2013 às 02:13

Segundo os dicionários, um zumbi é uma criatura fictícia que aparece nos livros e na cultura popular tipicamente como um morto reanimado ou um ser humano irracional. Olhe com atenção para as fotos que os jornais estão publicando com esse Carlos Eduardo Sundfeld Nunes e me diga se ele é ou não é um zumbi. Aproveite que as obras da Avenida Antônio Carlos estão exigindo um desvio por dentro da Pedreira Prado Lopes e me diga se ali não existe um monte deles, absolutamente ignorados pelo poder público e por cada um de nós. Aliás, qual é a diferença entre os zumbis da pedreira e os zumbis da classe média, que freqüentam ambientes requintados, cultos onde intelectualidade, drogas e viagens alucinógenas se misturam? A diferença é básica: há zumbi com e sem dinheiro. Os pobres estão por toda parte, na calçada, no asfalto, em frente às autoridades... Os da Pedreira Prado Lopes desfilam há cinqüenta metros de um dos hospitais mais importantes da cidade e há setenta do Departamento de Investigações – unidade mais tradicional da Polícia Civil. Mas ninguém os vê. Agora, o outro tipo de zumbi, que caracteriza o tal “Cadu”, matador do cartunista Glauco, ele vem disfarçado de poder. Esse “Cadu” tem até sobrenome chique – Sundfeld – mas é um pobre coitado, como milhares e milhares de outros, carentes de afeto, de infância, de acompanhamento, de palmada no “bum-bum”, correção na hora certa que, “adultos”, vazios e perdidos, se escondem no crack, na cocaína, na maconha, no chá do Santo Daime e em tantos outros labirintos da loucura. Resultado: matam com muitos tiros, fogem com carro roubado, atiram em policial federal e, diante das câmaras, fazem pose e dizem que o mundo está acabando. Está mesmo!

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O prêmio de R$ 1,5 milhão não é reajustado há 12 anos pelo programa

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Operações foram interrompidas devido às fortes chuvas que atingiram o Estado nas últimas semanas

    Acessar Link