Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Zé Carneiro vai resolver!

Zé Carneiro vai resolver!

06/05/2013 às 02:13

Finalmente, tenho motivos para acreditar que nossas maiores aspirações de obras viárias serão atendidas. É que há duas semanas subiu para o andar de cima o líder dos caminhoneiros José Acácio Carneiro, que a gente chamava só de Zé Carneiro e que, junto com outro Zé, o Natam, brigou nas últimas décadas por providências que pudessem diminuir o número de mortes no Anel Rodoviário da capital e na BR 381, que faz a ligação de todo o Leste do Estado, mais o Espírito Santo e a Bahia. Naquele fim de tarde, depois de trabalhar como todo dia no Sindicato dos Transportadores Rodoviários, entrou no carro popular, percorreu alguns metros de 040 e entrou na fila de veículos parados, pois, de novo, havia acidente no viaduto da Mutuca. Eu o conhecia o bastante para imaginar o que passou pela cabeça de Zé Carneiro: “Que Deus me proteja; pode vir uma carreta mal dirigida por um desses meninos que não conhecem bem a máquina e...”. Os pensamentos do meu amigo foram interrompidos por uma cena inimaginável para quem não é bom motorista ou não tem o hábito de trabalhar com os retrovisores... Lá vinha o capeta em forma de caminhão... A pancada, o pesado veículo passou por cima do automóvel de Zé Carneiro e só foi parar na traseira de outro bitelo. Quis Papai do céu que o líder dos caminhoneiros não morresse na hora. Foi levado ao Hospital de Pronto Socorro e sofreu o bastante para assistir, na íntegra, um filme mais ou menos assim: ele flutuando, por cima de nuvens, numa leveza só permitida aos bons de coração, se despedindo dos mais queridos e pensando que poderia ter sido diferente se o prefeito Márcio Lacerda levasse em consideração seus apelos pela construção das áreas de escape; se o governador tivesse ouvido seus apelos por fiscalização mais efetiva no Anel; se o governo federal, o Ministério Público, se alguém tivesse considerado seus desabafos... Zé Carneiro partiu sem honras militares, discursos oficiais ou sequer a repercussão merecida. Os amigos, como Zé Natam e o tenente Donizetti disseram adeus com a certeza de que a veemência dele fará falta. E eu, que não pude me despedir, sinto uma falta danada, mas, como gosto de pensar positivo, imagino Zé Carneiro continuando sua defesa do bom senso, agora em outro plano e com outros interlocutores: São Pedro, São Cristovão, Chico Xavier, João Paulo II, Padre Eustáquio, Juscelino Kubistchek...

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    No Dia Nacional da Visibilidade Trans, Letícia Imperatriz, mulher trans, diz que ainda há muito o que melhorar #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Município admite necessidade de aumentar número de leitos pediátricos #itatiaia

    Acessar Link