Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Vamos canonizar o Galo?

A ideia não é minha, mas, definitivamente, quero defendê-la: precisamos canonizar o Atlético Mineiro.

11/05/2015 às 07:52

A ideia não é minha, mas, definitivamente, quero defendê-la: precisamos canonizar o Atlético Mineiro. E não é porque sou torcedor, ao contrário, não sou do time dos fanáticos. Tomei a decisão na última sexta-feira, dia de São Vitor e da Vitória. Rendo-me aos fatos. Afinal, sabemos que, depois de esforços dos que “acreditam” o Vaticano decide pela beatificação, que é o primeiro passo de um santo. E os fiéis partem para a mais difícil das tarefas que é provar milagres. Bom, no caso do convencimento, não é preciso ir muito longe: é só perguntar a qualquer sul-americano que goste de futebol, more em Belo Horizonte, na cidade do México ou Buenos Aires... Como já temos São Judas e Santo Expedido cuidando das causas impossíveis, o Galo seria o “santo das noites mal dormidas” ou o protetor dos que têm coração fraco.

Mas, passemos à fase das provas. Perguntem aos meus irmãos, que já não sabem mais o que fazer para secar; pergunte ao Dailton, filho de Capelinha, gerente de banco em Belo Horizonte, que, na segunda, ressabiado, viu os “melhores momentos” e só esboçou uma reação: “O beque ainda tinha de dar um totó na bola, para ajeitar para o Jô...”. Ah, Jô? Tem base um negócio desses, o homem que gosta de baladas, afastado, humilhado, ignorado, de repente volta e faz o gol do título, no mais puro estilo Dario Peito de Aço, empurrando a bola com joelho, coxa e todo o corpo para as redes? Sem falar na polêmica do impedimento... Logo o assistente que, no ano passado, não errou sequer uma marcação...

O Atlético é um negócio do outro mundo. O mascote é “Galo Doido”, a torcida é “Galoucura” e o técnico um burro com sorte... Um cara que insiste com Emerson Conceição e ganha títulos... O Atlético consegue o inacreditável na cidade excludente: une o aglomerado e a mansão na vibração... O Nepomuceno toca a bola hoje, mas, o cara que deu a virada no Galo, que o levou ao ápice nas Américas, é um doidão... Ou alguém me diz que o Kalil é bom da cuca? E não digo por mal, gosto dos loucos, acho que são os malucos que mudam o mundo... É só reparar Einstein, Raul Seixas, Jesus Cristo... Falar em loucura, o ET de Varginha deve estar até agora sem entender a torcida da Caldense gritando “Eu acredito!”. Mas, não era bordão do Galão da Massa? Eu, hein... Esquenta não; procure resposta nos céus... De preferência, nos de Belo Horizonte.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Coimbra convida jogador da Copa Itatiaia Kaiser para testes no clube https://www.itatiaia.com.br/CopaItatiaia/noticia/coimbra-convida-jogador-da-copa-itatiaia-kaiser-para-tes...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    A suspeita é de que a vítima estava em alta velocidade #itatiaia

    Acessar Link