Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Um sonho (agora) possível

Quando cheguei à casa do sociólogo Luis Flávio Sapori, ontem pela manhã, para conversar sobre o agito das ruas brasileiras, ele surpreendeu-me dizendo: “Veja como o mundo muda; o que você pedia...

21/06/2013 às 12:40

Quando cheguei à casa do sociólogo Luis Flávio Sapori, ontem pela manhã, para conversar sobre o agito das ruas brasileiras, ele surpreendeu-me dizendo: “Veja como o mundo muda; o que você pedia era impossível outro dia mesmo e agora pode ser a saída para a crise”. Ele se referia a uma defesa que faço há anos e anos de instalarmos no país uma Assembleia Nacional Constituinte Exclusiva. E a bandeira não é minha. Há mais de duas décadas ouvi o professor José Anis Leão indicar esse caminho para solucionar a maior parte dos problemas brasileiros. E exatamente os mais importantes.

Por que uma Assembleia Exclusiva? Para que brasileiros que não têm pretensões eleitoreiras possam colocar na lei os parâmetros decentes e obrigar os políticos de carreira a seguirem. Jamais vamos ter mudanças com essa gente que se encastelou em Brasília e que conhecemos até pelos sobrenomes de Sarney, Collor, Calheiros, Neves e companhia. Temos de colocar na Carta Magna, na Lei Maior, que eleições só de cinco em cinco anos e gerais – isto é, de vereador a presidente – precisamos criar alguns mecanismos de controle como o voto distrital misto, estabelecer tolerância zero à corrupção, acabar com as trocas de favores, os conchavos, impor limites de gastos às casas legislativas e  aos tribunais, desvincular a governabilidade (a relação entre os poderes, necessária ao funcionamento da máquina pública) do fisiologismo; barrar as relações familiares entre quem pede e quem faz uma perícia; acabar com leis absurdas como a que proíbe os veículos da mídia eletrônica a apontarem erros de governantes às vésperas de eleição, enfim, como a democracia ainda é o melhor regime e ela não abre mão dos partidos políticos, que eles sejam moralizados pelos donos dos votos.

Ainda ontem, perguntei ao prefeito Márcio Lacerda o que ele acha e obtive a resposta de que pode ser uma saída, “até porque o nosso sistema político-partidário está falido”. Então, fica aí a minha contribuição: para distribuir melhor a riqueza, com a reforma tributária; para investir de verdade na Educação, tratar de saúde e não de doença, reconhecer em todos os brasileiros o direito de aposentadoria decente e acabar com o maior de todos os males – a impunidade – comecemos com uma Assembleia Exclusiva. E vamos descobrir nas multidões que tomam conta das ruas as cabeças mais arejadas para essa missão. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O suspeito foi contido pelos próprios passageiros até a chegada da Polícia Militar (PM) #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/homem-e-preso-apos-mostrar-genitalia-e...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Rede pública de Belo Horizonte tem cinco vezes menos leitos que no auge da pandemia #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/com-menos-leitos-e-mais-casos-90-dos-leito...

    Acessar Link