Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Tem base?

Tem base?

06/05/2013 às 02:13

A expressão acima é muito usada por moço simples com o qual convivi por longos anos e que a repetia com um sorriso irônico sempre que ouvia algo inacreditável. É o que melhor define meus sentimentos diante da mensagem enviada por Maria Aparecida Nogueira dos Santos. A íntegra:

“Meu pai, um idoso de 74 anos, foi até a Regional Noroeste da Prefeitura  solicitar uma licença para o corte de uma árvore que estava em seu lote, muito velha, enorme, e que estava tombando em cima do muro ameaçando cair na rua. Esta rua tem muito movimento e tem também um colégio (São Pascoal) onde transitam crianças o dia todo.  A árvore danificou o muro rachando e quebrando parte dele.  A Regional pediu que ele comparecesse à Gerência de Jardins (GERJAV) em outro bairro para fazer essa solicitação.  Veio à minha casa um engenheiro agrônomo que disse a ele para ir de novo à GERJAV pegar a autorização para "supressão" da árvore, uma vez que realmente ela corria o risco de cair, pois estava condenada e tinha presença de cupins em seu tronco.

Quando voltou lá, disseram que para conceder a autorização para esta "supressão", ele teria que efetuar por conta dele (o proprietário do imóvel), o plantio de 03(três) mudas nas normas da prefeitura, ou seja, a prefeitura não efetuaria este plantio. E que este procedimento ficaria em mais ou menos R$450,00(quatrocentos e cinquenta reais), ou então, se ele não tivesse condições de efetuar este plantio era para ele dar em troca desta autorização um HD externo de 1tb para o escritório desta GERJAV.

Achando isto muito estranho, saí do meu trabalho e fui até o local saber detalhes.  As funcionárias da GERJAV confirmaram tudo, eu disse a elas que isto era um absurdo, pois, pagamos um IPTU caríssimo e além disso nós - contribuintes - é que temos que efetuar o trabalho pela prefeitura, além do que temos agora que suprir as necessidades dos escritórios também?   Elas simplesmente sorriram e disseram que então poderia ser qualquer outra coisa como um caminhão de esterco ou então 02 (dois) cartuchos para a impressora do escritório.

Saí de lá revoltada com esta situação, pois eles não estavam preocupados em resolver o problema de risco e sim em extorquir dos contribuintes. Porém, para obter tal autorização, pois a situação era de se preocupar devido ao risco da árvore cair e causar um acidente efetuei a compra do HD, pois meu pai nem eu temos condições de sair pela rua com uma enxada e sair plantando árvores pela cidade. Fiz um recibo do HD com a descrição do mesmo para que a GERJAV assinasse como estariam recebendo referente à concessão de autorização para o corte da árvore. Porém quando meu pai levou ao local, eles disseram que não assinariam aquele recibo e vieram com outro que informava que ele estava "doando" o HD e - com um detalhe - a data do recibo era referente ao dia da entrega do mesmo, porém a data da licença para supressão da árvore era de 01(um) mês atrás. E ainda exigiram também que tivesse uma nota fiscal como o equipamento era novo.

Fiz contato no 193 para solicitar ao Corpo de Bombeiros que efetuasse o corte da árvore uma vez que a autorização já estava concedida. O funcionário civil da Corporação que atendeu a ligação pegou todos os dados e disse que fariam contato comigo.  Em 17/08/2011 um cabo me ligou dizendo que a corporação não efetuaria esta supressão, que teríamos que contratar uma empresa particular para tal procedimento.  Por fim, e para evitar problemas para meu pai, pois a árvore poderia cair, tivemos que contratar uma empresa para efetuar o corte, ficando a despesa em R$ 1.120,00”.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Conteúdo publicitário Quer dar um toque especial naquele almoço de final de semana? A chef Clara Senra te ensina uma receita de strogonoff, mas um algo a mais!! Veja só! Quer...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Na noite de sexta-feira o trânsito teve que ficar fechado por horas #itatiaia

    Acessar Link