Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Sindicato, um porto seguro!

?Algumas decepções me fizeram distanciar da rotina dos sindicatos. Estou no time dos que questionam aspectos da associação de trabalhadores no Brasil, defendo a reforma sindical e o fim da contribuição obrigatória entre outras mudanças.

26/12/2014 às 10:04

Algumas decepções me fizeram distanciar da rotina dos sindicatos. Estou no time dos que questionam aspectos da associação de trabalhadores no Brasil, defendo a reforma sindical e o fim da contribuição obrigatória entre outras mudanças. No entanto, nunca dei guarida aos que querem simplesmente criticar, fazer oposição sistemática à diretoria, em qualquer categoria. E, também, nunca deixei de participar votando nos nomes que considero os melhores. Afinal, o sindicato é como o vizinho no qual você deve confiar e, embora não precise estar toda hora pedindo um pouquinho de café ou um favorzinho político, é bom saber que ele está lá, para a hora da grande necessidade, da urgência e do perigo.

Recentemente, vivi momentos difíceis na profissão, dos que a gente não espera, não comemora, mas, fazem parte da história de quem planta o jardim sabendo que espinhos e pragas fazem parte da empreitada. E então, como se fossem meus vizinhos de apartamento - aqueles que ha meses não via, apareceram meus dois presidentes: Valdir Costa do Nascimento, cuja assunção à liderança dos radialistas foi parte de um processo do qual participei, me acordou para o tamanho da repercussão que teria a prisão de um cidadão em pleno estúdio da Itatiaia e durante uma entrevista; em relação a Kerison Lopes, o presidente dos jornalistas, foi de arrepiar ouvir que estava – junto com Valdir – em audiência na Assembleia Legislativa e, ao tomar conhecimento dos fatos, rumou imediatamente para o Bonfim, em um taxi cujo motorista o colocou a par de tudo o que acontecera.

Dias depois, diante de dolorosos desdobramentos dos fatos, na Assembleia, lá estavam os dois companheiros, meus legítimos líderes, meus representantes de fato e de direito de novo me apoiando. Gosto muito da velha frase de que, se você quer saber se tem muitos amigos é só dar uma festa, mas, se a intenção é saber quem de fato é amigo é só vivenciar grande dificuldade. Afinal, muitas vezes, de onde não se espera é que não vem nada mesmo. Nunca duvidei que pudesse contar com meus sindicatos; em apenas duas tardes, Valdir e Kerison justificaram todo o respeito que sempre tive por minhas instituições.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    😷 Produtores de testes não esperavam pelo aumento expressivo na demanda #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/Noticias/Detalhes?chave=laboratorios-temem-falta-de-testes-d...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Você é a favor da capacidade máxima nos estádios durante o Mineiro? Dê sua opinião! #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/reuniao-entre-governo-de-minas-e-fmf-na-qua...

    Acessar Link