Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Quem precisa de reciclagem?

Para começar, lamento que a doutora Inês Junqueira tenha sido retirada do setor de punição aos infratores, onde fazia trabalho exemplar...

27/04/2015 às 12:07

Se a gente quer de verdade um país diferente, decente, tem de fazer a coisa certa. Ou, pelo menos tentar. Isso implica não estacionar na vaga de idoso, não furar ou parar em fila dupla, nem furtar sinal de TV a cabo e mais, muito mais. Como acredito que preciso melhorar, me vigio para tentar errar menos. Diante do aviso do Detran de que teria de me defender num processo por excesso de pontuação, me apresentei. A delegada ponderou, tinha direito ao recurso, mas não havia defesa, considerando que uma filha dirigindo carro em meu nome e um amigo que comprara um carro e, sem transferir, andou emprestando para terceiros, juntaram mais de 40 pontos. Além dos meus, claro.

Ela ficou com a carteira e avisou que a teria de volta se fizesse um curso de reciclagem e, ao final, obtivesse pelo menos 21 pontos num total de 30 em prova que mistura legislação com conhecimentos gerais sobre o veículo e o ato de dirigir. Podia fazer pela internet; optei por matricular em autoescola. E não arrependi. Experiência interessante. Missão cumprida de minha parte, me permito cobrar comportamento correto do outro lado.

Para começar, lamento que a doutora Inês Junqueira tenha sido retirada do setor de punição aos infratores, onde fazia trabalho exemplar. Coisas do serviço público.

Gostaria, também, que me explicassem algumas coisas. Por exemplo, como está escrito no Código de Trânsito Brasileiro que a ciclovia deve ser pintada em vermelho e, na Avenida João Pinheiro, exatamente em frente ao Detran, está em verde? Por que há exigência legal de as motos circularem com farol baixo aceso, ninguém respeita e ninguém cobra? Se ameaçar pedestre, acelerando o carro antes de o sinal abrir, é passível de multa, por que não multam? Há lei prevendo que o veículo apreendido deve ser leiloado em 90 dias, mas, nossos pátios estão lotados, tanto que veículos pesados, como caminhões, não são fiscalizados na blitz, o que significa risco para todos... Há proibição expressa de se transportar pessoas em compartimentos de cargas, mas, a carroceria de camionetes é o lugar preferido de políticos em campanha, ainda que sejam governadores, presidentes... O pau de arara é proibido, som alto é proibido, instalar dispositivos antirradar é proibido... Em síntese, a lei é só para quem paga a conta? Acorda Brasil!

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O prêmio de R$ 1,5 milhão não é reajustado há 12 anos pelo programa

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Operações foram interrompidas devido às fortes chuvas que atingiram o Estado nas últimas semanas

    Acessar Link