Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Pobre Eliza

Pobre Eliza

06/05/2013 às 02:13

A ninguém é dado o direito de julgar o semelhante e – já dizia uma força maior – quem pensar o contrário que atire a primeira pedra. Também não é aconselhável, pelo menos aos que respeitam os direitos humanos, chutar quem já está no chão. Mas, em respeito à honra (ou, quem sabe, à memória) de Eliza Samúdio, algumas coisas que estão incomodando minha garganta há vários dias precisam ser ditas. Primeiro, vamos parar com hipocrisia e deixar claro que a moça era uma dessas conhecidas “marias-chuteiras”, capazes de qualquer coisa para ficar perto de um jogador de futebol famoso. Quem age assim, topa participar de orgias com sexo e drogas, corre todos os riscos. Não se deve, portanto, lamentar sua sorte... Não no encontro com o goleiro... Agora, em relação a sua vida pessoal, história de infância e adolescência, aí sim... Afinal, alguém consegue compreender tanta tristeza de parte de um pai que não falava com ela “há cerca de 45 dias” antes do desaparecimento? E a mãe, que não a via há seis anos e agora quer cuidar do neto? Ora, vamos falar a verdade: era mais uma dessas moças soltas no mundo, que encontrou um cidadão “ficha-suja” (afinal, é só dar uma olhada na história desse jovem Bruno e a quantidade de confusão que já arrumou, inclusive agredindo prostitutas dentro do mesmo sítio em Contagem). Para complicar ainda mais a vida de Eliza, ela mora num país em que policiais gastam mais tempo dando entrevistas a redes nacionais de televisão que trabalhando no caso. E num país em que a urina dela espera por um exame oito meses para se saber se foi forçada a ingerir substâncias abortivas. P obre Eliza, quanto discurso, quanta comoção, quanta hipocrisia...

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O homem estava sem capacete e foi localizado com vários ferimentos na região da cabeça #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Ao todo, mais de 148 milhões de brasileiros já foram vacinados com a primeira e segunda vacina #itatiaia

    Acessar Link