Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Para aproveitar a viagem

Para aproveitar a viagem

06/05/2013 às 02:13

O mês de julho está chegando, quando a criançada entra de férias e os pais aproveitam para passear. Como é inverno entre nós, boa parte dos que podem escolhe países do hemisfério Norte para aproveitar tudo o que for possível com um clima parecido com o nosso. Considerando a ótima realidade de que mais e mais brasileiros está galgando novo posto na pirâmide social podendo se dar a novos luxos, como ir ao exterior, vale algumas dicas interessantes.

Guarde na gaveta, passe para um amigo que está fazendo as malas. Parece bobagem, mas pode ser útil. Vamos lá: nunca se afaste do grupo; não dê máquina fotográfica para estranhos tirar fotos; tenha dinheiro trocado; tenha sempre em mãos um cartão com o endereço do hotel; não se esqueça de levar os remédios pessoais; quem precisa de um, deve levar dois pares de óculos; leve poucas roupas, leves e confortáveis; identifique sua bagagem; saiba quanto de malas e respectivo peso pode levar; informe-se sobre o que pode (e como pode) ir na bagagem de mão; seu passaporte deve ter validade mínima de seis meses; chegue mais cedo ao aeroporto; prepare-se emocionalmente para eventuais atrasos nos voos; guarde muito bem seu dinheiro; caso tenha cartão de crédito internacional, use-o; lembre-se de que você pode trazer 500 dólares em compras e mais 500 gastos no “free shop”; dependendo do país para onde vai, você deve se vacinar contra febre amarela, antecipadamente; informe-se sobre o clima de momento no país a ser visitado, para levar as roupas certas; procure saber as diferenças de horário (fuso) para contatos com familiares e amigos; consulte um médico antes de viajar, para evitar surpresas desagradáveis.

Em sendo possível, é bom saber um pouquinho sobre a cultura do país a ser visitado... De repente, você vai se assustar com alguns comportamentos como, por exemplo, ver um homem simplesmente virar-se para um muro em via pública e fazer xixi ou compartilhar uma mesa na qual alguém come um pombo branco, mal cozido e cuja cabeça (com olhos) também está na mesa, como é rotina na China. A propósito, não se assuste com nada, não se sinta menor e nem menos importante, pois, nas cidades verdadeiramente globais, como Nova Iorque, tem tanta gente diferente que ninguém vai lhe reparar... E serás sempre bem tratado, se estiveres com um bom cartão ou muitos dólares nas mãos. Boa viagem. Ah, e cuidado porque o mundo não acabar, isto é, na volta, é preciso pagar as contas e seguir vivendo.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Goleiro revelado na Toca 1 está perto de retornar, emprestado pela Inter de Milão

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Raposa já enfrentou o time sergipano em outras três oportunidades, nos anos 1970, e duas em 2005

    Acessar Link