Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Órfãos no trânsito

Órfãos no trânsito

06/05/2013 às 02:13

Aqueles que não tinham exata noção do que é sentir-se órfão já podem experimentar essa dolorosa sensação com a chegada das chuvas e do clima de fim de ano, onde as pessoas tendem a se movimentar mais, além, é claro, do notável aumento do número de veículos em circulação. É digna de um estudo sociológico aprofundado a indiferença com que nossas autoridades estão tratando quem está engarrafado, enfileirado, preso ou simplesmente abandonado em um dos incontáveis congestionamentos que assistimos, dia após dia, ora nas ruas das grandes cidades, ora nas rodovias. Qualquer coisa é motivo para justificar. É uma obra importante, um dia de chuva atípica, vestibular, concurso público, tudo justifica, pelo menos na cabeça das autoridades, o nosso sofrimento. Nas estradas, chega a ser risível: um dia é a carga tóxica que precisa ser retirada com cuidado, no outro é o peso da carreta que exige a vinda de São Paulo de um reboque especial, enfim, qualquer anormalidade significa horas de trânsito parado sem que alguém realmente se preocupe. No caso de um transformador que saiu quinta-feira de uma fábrica na Cidade Industrial rumo a Araguari e cujo veículo transportador não passou de alguns quilômetros até agarrar-se a uma saliência do asfalto e parar parte da Fernão Dias numa sexta-feira é de se perguntar de novo: será tão difícil assim o controle desse tipo de carga? Quando for muito grande ou muito pesado, não se deve checar antes as condições de transportes, eventuais alternativas, soluções imediatas no caso de complicações já previsíveis? A Polícia Rodoviária mostra-se cada dia mais perto do DNIT, este substituto do DNER que dá coceira só de a gente lembrar (e o túnel do Ponteio continua interditado!). Nas cidades, a gente vê empresas como BHTRANS e TRANSCOM fingindo que cuidam e fugindo de qualquer responsabilidade. Você não vê os fiscais no lugar que deles precisamos. No caso da capital tem ainda a guarda municipal e a polícia militar (ambas merecendo, no que toca a sua ação no trânsito, letras minúsculas). Eu sei que guardas e agentes recebem ordens... A crítica é para os chefes. Ou tomem uma providência, exijam atitudes dos governantes ou peçam para sair... Ajuda a gente aí...

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Coimbra convida jogador da Copa Itatiaia Kaiser para testes no clube https://www.itatiaia.com.br/CopaItatiaia/noticia/coimbra-convida-jogador-da-copa-itatiaia-kaiser-para-tes...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    A suspeita é de que a vítima estava em alta velocidade #itatiaia

    Acessar Link