Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Justiça (a Francelino) seja feita

Justiça (a Francelino) seja feita

06/05/2013 às 02:13

Neste mês de setembro, a Polícia Militar comemora os 30 anos da chegada das mulheres às suas fileiras. Não foi fácil. Sabedor de que a reação não seria das melhores, o então comandante-geral, Jair Cançado Coutinho, foi antes ao governador e ouviu de Francelino Pereira: “Você é que sabe o que é melhor”. E a PM avançou. Transformou o Batalhão de Choque (que só saia do quartel para bater em manifestantes) em ROTAM, para combater o crime pesado, incrementou o Regimento de Cavalaria e colocou centenas de homens do setor administrativo para policiar as ruas.

 A Corporação foi só um exemplo das mudanças de Francelino, que não vera bem visto por muitos, por ser indicado (não havia eleição direta) e nem ter nascido em Minas – é piauiense. E, quanto mais Francelino se mexia, mais a situação parecia se complicar: as greves pipocavam por todo lado, a dos professores tinha até greve de fome, a chuva mais forte de todos os tempos destruía cidades, a oposição batia sem parar na Assembleia, mas Francelino me impressionava.

Trinta anos depois, afirmo sem medo de errar: ele tinha a melhor equipe de auxiliares que já vi no Palácio da Liberdade e fez a diferença em Minas: construiu mais casas populares que todos os outros governos juntos, não deixou um município sem obras e integrou o pobre Vale do Jequitinhonha à realidade de Minas. Na capital, indicou para prefeito um engenheiro que também fez história – Maurício de Freitas Teixeira Campos. Francelino e sua equipe projetaram todos os sistemas de água da região metropolitana que hoje nos dão a tranquilidade no presente e no futuro.

Mas, principalmente (e essa é a razão maior deste texto) o piauiense Francelino, execrado por todos os que queriam ver aqueles anos de chumbo para trás, fez uma obra que só os visionários executam: o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins. Na época, disseram que era maluco, irresponsável, por investir meio bilhão de dólares num lugar distante para um empreendimento que não tinha público pelas próximas décadas. Agora, eu pergunto: se não conseguimos ampliar o aeroporto para atender a demanda, já pensaram se ele não existisse?

Dia desses, o deputado estadual Gustavo Valadares me disse que o pai, Ziza Valadares, já se desculpou com Francelino pela quantidade e a contundência das críticas naqueles tempos em que Ziza era um dos astros da oposição ao então governador. E ele, Gustavo, não descarta a possibilidade de homenagear o ex-governador. Independentemente da trajetória política, pela qual a história vai julgá-lo, Francelino merece.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    A cantora disse que a produção escolheu os participantes 'mais leves', já que o BBB21 foi alvo de críticas pelo 'clima pesado' #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Covid-19: 85% dos internados em Belo Horizonte não se vacinaram, diz Kalil. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/covid-19-85-dos-internados-em-belo-horizonte-nao-se...

    Acessar Link