Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Impressionante

Impressionante

06/05/2013 às 02:13

Por mais que considere a convivência com os humanos há mais de meio século; por mais que conheça a diferença entre discurso e ação, não consigo entender a distância entre a gravidade do problema das drogas – especialmente o crack – e a nossa real intenção de intervir. Às vezes, me pego acreditando que algo novo está acontecendo, mas, logo, logo, levo o doloroso beliscão da realidade.

A última foi na Cidade Administrativa, semana passada. Fui cobrir o encontro do comandante-geral da Polícia Militar com a comissão especial que a Assembleia Legislativa criou para discutir a questão das drogas. Estava cheio de expectativas; afinal, a comissão já é uma baita novidade e, uma semana antes, houvera caminhada de milhares pedindo um basta à situação. Dos cinco membros da tal comissão, só um foi. Também uma representante do Ministério Público (não era uma promotora da área) e uma advogada do Movimento Nacional de Defesa dos Direitos Humanos.

Aquela conversa de sempre, na qual todos os atores destacam a gravidade do momento, a imperiosa necessidade de uma ação conjunta e a certeza de que dias melhores virão. Palavras! Impressionante. Uma semana antes, na mesma sede do governo estadual, vieram o ministro da Saúde e a secretária nacional de Segurança Pública para garantir que a União vai investir 400 e tantos milhões de reais, para atacar o problema de frente...

Onde, quando e como ninguém responde. Sabe aquele discurso vazio, que escuto todo dia? Não há outra palavra: Impressionante. Assustadora também é a postura dos veículos de comunicação. Fora eu, só uma equipe da Assembleia cujos membros vão onde quer que esteja um deputado, não importa onde e muito menos a importância do evento. O salário deles é bom, mas, mesmo assim, é de dar dó o que repórteres, produtores e técnicos têm de fazer para atender às vaidades e aos interesses eleitoreiros dos senhores parlamentares. Não há um dia em que quatro equipes – de nove pessoas cada – não estejam percorrendo o interior, para trazer nada de conteúdo. Impressionante.

Os outros colegas, do rádio, da TV, do jornal não têm tempo para o assunto ou não o consideram grave. Aliás, a secretária nacional antidrogas e a coordenadora municipal já declararam que não há uma epidemia... Impressionante. Ah, e o secretário antidrogas do Estado não tem prestígio junto aos que efetivamente decidem no governo. E a gente vai levando... Impressionante!

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Problema afeta deslocamento até estações Barreiro e Diamante #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Pagamento será depositado diretamente na conta bancária informada na declaração. #Itatiaia

    Acessar Link