Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Falta de educação!

Falta de educação!

06/05/2013 às 02:13

Não dá para dizer que os servidores públicos devem comemorar os índices de reajuste salarial anunciados agora, mas começam a valer em maio e serão recebidos em junho. Na verdade, são raros os trabalhadores assalariados do Brasil que recebem o que merecem. Agora, quando olhamos para a política salarial implementada em Minas e no Brasil nos últimos anos, não há dúvidas de que a educação está sendo mal tratada. Façamos uma comparação com os servidores da Defesa Social. Eles não estão no melhor do mundo, mas, vejamos algumas das conquistas nos últimos oito anos: aumento salarial de 104% ou 13% ao ano (o piso de um soldado saiu de R$ 1 mil para R$ 2.041,00), promoção por tempo de serviço para militares e civis; pagamento do abono fardamento; redução da aposentadoria dos policiais civis de 35 para 30 anos; licença maternidade de 6 meses e, recentemente, a lei complementar 109, com auxílio por invalidez, 25 dias de férias úteis e aposentadoria das mulheres policiais com 25 anos de serviço. Repito, são conquistas, ou seja, fruto do esforço de lideranças, sérias, que trabalharam em conjunto, sem vaidades, sem radicalismos, entre as quais se destacam o deputado sargento Rodrigues e o presidente da ASPRA, Luiz Gonzaga Ribeiro. O triste é a situação dos trabalhadores da educação... Para começar, a gente não consegue entender a lógica do governo ao falar de piso salarial: agora mesmo estão dizendo que vai passar para mais de R$ 900, mas, quando olhamos um contracheque, a gente descobre que o salário (mesmo) é de pouco mais de R$ 300 e, junto, vem um monte de penduricalhos. E o pior é que não percebo mais aquela mobilização que fez história na categoria.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Enquanto o grupo ganha cerca de US$ 15 mil por minuto, mais de 163 milhões de pessoas estão na faixa da pobreza

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    CONTEÚDO PUBLICITÁRIO O endividamento das famílias aumentou e um dos principais motivos é a utilização do recurso que cobra um dos juros mais altos do mercado. Os juros do ro...

    Acessar Link