Ouça a rádio

Compartilhe

Despertar de vocações

Um movimento de pessoas bem sucedidas e que enxergam na Educação o caminho mais curto para um país melhor, dá outro exemplo de ação efetiva:

Um movimento de pessoas bem sucedidas e que enxergam na Educação o caminho mais curto para um país melhor, dá outro exemplo de ação efetiva: em parceria com a Secretaria de Estado de Educação, a Conspiração Mineira pela Educação realiza, a partir de hoje, uma feira das profissões. Dez mil alunos do 3º ano do Ensino Médio de escolas públicas de Belo Horizonte e entorno vão passar pelos stands, durante três dias, com o objetivo de mostrar os caminhos e as oportunidades para que esses jovens ingressem no ensino superior e sejam inseridos no mercado de trabalho.

A Conspiração existe há alguns anos e brotou dentro da Associação Comercial quando gente séria e desprovida de interesses políticos se reuniu em torno do professor Evando Neiva. Várias atividades já foram bem sucedidas nas mais diversas partes do Estado e até em outras regiões do país. No Bairro Serra Verde, vetor Norte da capital, por exemplo, diretoras de escolas estaduais e municipais se reúnem frequentemente, trocando experiências, dividindo frustrações, criando um clima de ânimo. Em municípios como São João do Manhuaçu, às margens da BR 116, a Rio Bahia, técnicas de estudo e mobilização resultaram em saltos gigantescos no aproveitamento dos alunos. Para conseguir avançar, a Conspiração faz parcerias, pede ajuda e vai quebrando barreiras. Agora, por exemplo, para a feira, são dezenas de empresas e instituições convidadas, incluindo as principais faculdades, organizações nacionais que promovem a empregabilidade, como o SEBRAE e todas as instituições do sistema “S”, lideradas pela Federação das Indústrias.

Tenho um exemplo dentro de casa de como é importante conhecer as profissões, antes de optar pela graduação. Minha Fernanda tentou fazer outros dois cursos, mas, depois de anos, e felizmente em tempo, decidiu que só podia ser feliz seguindo o coração e optando pelo velho sonho. Está bem, se qualificando para salvar vidas. Que Deus abençoe a feira das profissões e todos os jovens que passarem por lá sejam felizes em suas opções futuras. Afinal, trabalho mais amor é igual a sucesso. E que a Conspiração seja só um exemplo para que pessoas já realizadas ajudem as outras, desinteressadamente, pois, pesquisas e experiências individuais ensinam que a solidariedade faz bem a quem recebe e muito bem a quem oferece.