Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Chega!

Chega!

06/05/2013 às 02:13

As duas ocorrências foram registradas pela polícia na mesma noite de um sábado e versam sobre três temas que estão na boca do povo: futebol – a paixão nacional; violência, o medo maior, e impunidade, razão de nossa maior indignação. Tanto o assassinato do jovem jogador do América quanto a briga de atleticanos e cruzeirenses num shopping refletem um tempo de medo por conta da falta de respeito às mais básicas noções de civilidade e o quanto se tornou simples o ato de agredir alguém. A briga de torcedores é a repetição de atos que contrariam os mais elementares princípios de vida em sociedade: dois atleticanos estavam com esposas e filhas em um shopping quando apareceram cruzeirenses dispostos a agredi-los com capacetes. Ora, ninguém parte para cima de alguém assim, no nada. Então, há de se suspeitar tratar-se de mais uma dessas querelas sem fim colocando em lado opostos rapazes sarados que gostam de briga e fingem adorar futebol. Até porque, os dois atleticanos, nesse caso vítimas, estão na lista dos 41 acusados do massacre de um cruzeirense em novembro último, diante de outro shopping.É um quadro tão esquisito que os dois rapazes atacados não queriam prestar queixa contra os agressores, com o que a polícia evidentemente não concordou porque da briga dos marmanjos resultou ferimentos em uma idosa, uma criança e um segurança. Com relação ao assassinato do jogador William Morais, há de se repetir o que todo mundo já  imaginava diante da tragédia: dois dos assassinos têm passagens pela polícia e o terceiro, acusado de disparar o tiro fatal, reagiu assim à prisão: “Foi o meu primeiro e último contato com ele; era o dia dele. O tiro pegou no relógio. Dei o tiro e não estou arrependido. Antes ele do que eu. Já aconteceu e agora é pegar cadeia”. Meus amigos, tenho ouvido cada coisa, tenho presenciado tantos dramas e estou convencido: estamos brincando com fogo. Ou mexemos no nosso Código de Processo Penal para manter os bandidos na cadeia, ou deixamos de lado nossa infinita capacidade de tentar justificar os erros dos outros com base nas desigualdades sociais, ou nós reagimos para valer ou vai ficar impossível sair de casa. Perigoso, já está!

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽ Times escalados na Arena Independência para Cruzeiro X URT, e o repórter Samuel Venâncio traz as informações. Confira! #JornadaEsportivaNaItatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Ouça a transmissão com a equipe da Rádio Itatiaia direto do Independência

    Acessar Link