Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Chatices de maio

Você concorda que perdemos muito tempo com discussões inócuas?

02/05/2014 às 11:52

 Você concorda que perdemos muito tempo com discussões inócuas? Nos últimos dias, os grandes debates giraram em torno de assuntos que os mais ocupados descartam de suas preocupações por não representarem prioridade. Um exemplo é a visita de uma comissão de deputados à cela do ex-deputado e chefão petista José Dirceu. Foi a pedido da família, para mostrar que ele não tem privilégios e, assim, fazer fluir o pedido de análise para que ele possa trabalhar. O que era para resolver virou outra polêmica, agora porque encontraram uma televisão na cela.

Eu defendo há anos uma rotina para os que cometeram crimes graves, como é o caso da corrupção, quando na penitenciária: acordar às seis da manhã, tomar banho (não no chuveiro, mas, na água que sair do cano embutido na parede, ou seja, na bica d´água gelada), café com leite e pão com manteiga; seguir para o trabalho, preferencialmente duro, como quebrar pedras para asfaltar ruas de periferias onde moram trabalhadores sofridos; parada para almoço às 11 da manhã, sendo a marmita composta de arroz, feijão e verdura (carne só aos domingos); retorno às seis da tarde para o presídio; banho nos mesmos moldes do de manhã; jantar com mesmo cardápio do almoço, podendo-se substituir a verdura por legumes, de acordo com as necessidades nutricionais, e cama, sem rádio, TV ou outro conforto. É o que defendo, pessoalmente, sem acreditar que, agindo assim, a sociedade possa ferir os direitos humanos dos criminosos mais do que eles feriram de suas vítimas.

Uma coisa é o que defendo, outra é a lei e mais diferente ainda é a prática. Se os criminosos deste país, eventuais ou não, trabalhadores que erraram ou bandidos de alta periculosidade têm vida de folgado no xadrez, comendo, bebendo e tomando sol (embora eu não queira e nem recomende) por que pegar no pé do Zé Dirceu só por que é famoso? Aliás, por que não deixar o homem ir trabalhar logo e voltar para dormir? Para o meu gosto, de pagador de impostos, de provedor da cadeia, todos devem pagar pela comida, a cama e a roupa lavada.

Não é porque o Zé Dirceu é um chato de galocha e que ficou com ares insuportáveis quando era chefe da Casa Civil de Lula (ou seria primeiro-ministro?) que devemos ser aborrecidos como ele. Deixa o homem trabalhar, gente! Vamos gastar nossa energia comemorando o fato de que o Zé está preso quando poderia ser o nosso presidente hoje... Ou alguém duvida que ele planejasse suceder o Lula? Devemos agradecer a Deus porque uma dona de banco está na Estevão Pinto... Não é nada de pessoal, apenas animador para um país de tanta roubalheira. Ah, vamos gastar nossas energias para resolver logo o outro “mensalão”, o tucano, mineiro, e aquele do DEM, em Brasília, para colocar todos juntos... Bancada suprapartidária. De dia trabalhando longe do Congresso, de noite na Papuda. E, no mais, apesar de saber que vou contrariar muita gente, apesar de achá-lo tão arrogante quanto Zé Dirceu, viva o Joaquim Barbosa, o “Quinzão”!.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Jogador de 20 anos tem multa avaliada em R$ 7 milhões para clubes brasileiros

    Acessar Link